× Modal
< Voltar


ANABB

Repercussão sobre a MP 905 destaca participação da ANABB

Em muitas reportagens, houve valorização do posicionamento da Associação contra o aumento da jornada de trabalho para bancários e a abertura das agências aos sábados


Em 14.02.2020 às 18:18 Compartilhe:

Dezenas de veículos de comunicação do país repercutiram a participação da ANABB na audiência pública que ocorreu nesta quinta-feira (13/2), no Senado Federal, para discussão da MP 905. Foram divulgadas matérias em mais de 40 sites e jornais.

O principal destaque das reportagens foi o posicionamento da ANABB como entidade que defende os bancários, em especial os funcionários do Banco do Brasil.  

Em muitas reportagens, houve valorização de trechos do discurso feito pela Associação contra o aumento da jornada de trabalho para bancários e a abertura das agências aos sábados.

“Essa é uma luta em nome da saúde e do bem-estar de uma categoria que faz do sistema financeiro brasileiro um dos mais dinâmicos e lucrativos do mundo. No caso do Banco do Brasil, o aumento da jornada em 2 horas diárias ainda provoca insegurança jurídica porque contraria os editais dos concursos públicos”, afirmou Graça Machado, vice-presidente Administrativa e Financeira da ANABB. “E a abertura das agências aos sábados coloca em risco a segurança dos trabalhadores”, completou.

Na Agência Câmara, a notícia divulgada afirma que: “MP do Contrato Verde e Amarelo poderá preservar acordos no setor bancário, diz relator”.  

ATUAÇÃO DA ANABB NO LEGISLATIVO

Nos últimos eventos que aconteceram no Congresso Nacional e que tiveram Banco do Brasil e seus funcionários como parte envolvida, a ANABB esteve presente.  Esse reconhecimento é fruto de um intenso trabalho de articulação com os parlamentares.

Ao longo dessa jornada de defesa de interesses juntos a deputados e senadores, a ANABB vem conquistando parceiros importantes que apoiam as causas defendidas e contribuem para que os temas ganhem visibilidade no legislativo.

Veja o discurso da vice-presidente da ANABB, Graça Machado, e do deputado Christino Áureo

 

Fonte: Agência ANABB