× Modal
< Voltar


MP 905

Direitos dos funcionários do BB serão defendidos no Congresso Nacional

Associação participa nesta quinta de audiência pública que discute a Medida Provisória 905


Em 11.02.2020 às 18:13 Compartilhe:

Funcionamento das agências ao sábados e aumento da jornada de trabalho dos bancários estão entre os temas que serão debatidos pela ANABB na audiência pública que será realizada nesta quinta-feira, dia 13 de fevereiro, no Senado Federal. Esses assuntos integram a Medida Provisória (MP) nº 905/2019, que está sendo discutida no Congresso Nacional e que institui o Contrato de Trabalho Verde e Amarelo, alterando a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

A ANABB vai participar do debate ocupando um assento na mesa principal, ao lado do deputado Christino Áureo (PP - RJ), que é o relator da matéria na Comissão Mista. O encontro ocorrerá a partir das 10 horas no Plenário nº 6, localizado na Ala Senador Nilo Coelho, Anexo II do Senado Federal, em Brasília/DF. A Comissão Mista é presidida pelo senador Sérgio Petecão (PSD/AC).

Os associados que tiverem interesse podem participar indo ao Senado ou acompanhando a transmissão ao vivo pelo site da ANABB.

Desde a publicação da Medida Provisória, em 12/11/2019, a ANABB iniciou intensa articulação no Congresso Nacional, buscando preservar os direitos de funcionários da ativa do Banco do Brasil. As emendas buscam suprimir dois artigos da MP que prejudicam os funcionários do Banco do Brasil, ao permitirem a abertura das agências bancárias aos sábados e o aumento da carga horária dos trabalhadores para até 8 horas, exceto para os caixas.

As emendas foram acolhidas por três parlamentares: o deputado Pompeo de Mattos (PDT/RS), o senador Randolfe Rodrigues (Rede/AP) e o senador Weverton (PDT/AM).

Fonte: Agência ANABB