× Modal
< Voltar


ANABB

Posicionamento da Diretoria sobre a anulação das Eleições 2019

A CGE anulou as Eleições da ANABB amparada pelo artigo 24 do Regulamento


Em 20.11.2019 às 11:52 Compartilhe:

A Diretoria Executiva da ANABB, desde a divulgação do resultado das Eleições 2019, computados os votos eletrônicos e os das cédulas impressas, vinha recebendo informações que colocavam sob suspeita a lisura da votação no processo eleitoral.

Por isso, nesta segunda-feira, 18/11, a Diretoria tomou a iniciativa de realizar reunião extraordinária para deliberar sobre a gravidade do assunto e decidiu encaminhar à CGE, via Conselho Deliberativo, para contribuir com a apuração de irregularidades, alguns indícios que foram sendo comprovados pela própria Diretoria Executiva da ANABB, solicitando investigação urgente dos fatos, somando-se a outros recursos que já haviam sido protocolados e que já estavam sendo apurados pela Comissão.

No dia 19/11, terça-feira, a Comissão Eleitoral, após analisar os diversos recursos, com base em provas irrefutáveis, e tendo presente a autonomia, independência e idoneidade de seus membros, como condutora de todo o processo eleitoral, anulou a eleição. De fato, houve fraudes, comprovadas, e a apuração já estava sendo realizada pela CGE.

A Diretoria da ANABB repudia quaisquer atos que possam ferir a credibilidade da Entidade e se compromete a envidar todos os esforços para apurar com o devido rigor os possíveis responsáveis, imputando-lhes os prejuízos financeiros e de imagem causados à ANABB. Faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para garantir lisura aos fatos e transparência aos associados.

A Diretoria também se coloca à disposição da CGE para adotar todas as medidas necessárias à elucidação dos fatos, utilizando os meios legais cabíveis, inclusive de órgãos externos.

O corpo social continuará sendo informado sobre tudo o que disser respeito ao assunto. 

ANULAÇÃO DAS ELEIÇÕES

A Comissão Geral Eleitoral (CGE) publicou, no dia 19 de novembro, o comunicado que anula as Eleições Gerais da ANABB 2019, amparada pelo artigo 24 do Regulamento das Eleições.

De acordo com a CGE, existem ocorrências que comprometem a legitimidade do processo.

CLIQUE AQUI E VEJA O COMUNICADO 10/2019 DA CGE
 

Fonte: Agência ANABB