× Modal
< Voltar


Assuntos diversos

Cuidar da saúde também é coisa de homem

ANABB apoia a campanha Novembro Azul e incentiva os associados a adotarem hábitos de prevenção à ocorrência do câncer de próstata


Em 04.11.2019 às 09:42 Compartilhe:

Novembro chegou e, com ele, a já tradicional campanha de conscientização dos homens sobre a importância da prevenção ao câncer de próstata. Como nos anos anteriores, a ANABB apoia a iniciativa Novembro Azul e chama a atenção para a necessidade do autocuidado e da realização periódica de exames. Ação que se torna ainda mais relevante quando se leva em consideração que 59% dos associados da ANABB são do sexo masculino.

Um diagnóstico precoce é essencial para a preservação da saúde e para o próprio tratamento eficaz. A detecção precoce da doença pode aumentar as chances de cura em até 90%. O câncer de próstata é o tipo de câncer mais comum no Brasil l (se não considerarmos o câncer de pele não melanoma), manifestando-se principalmente a partir dos 50 anos de idade. Somente em 2018, estima-se que tenham ocorrido 68.220 novos casos da doença no país.

Entre as principais causas do problema, estão os fatores genéticos, o uso de anabolizantes, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, a má alimentação e a obesidade. Mas há outro fator que aumenta potencialmente os riscos entre os homens: o preconceito, capaz de inviabilizar a realização dos exames preventivos. E é exatamente para combater o preconceito que foi idealizada a campanha Novembro Azul.

Além de buscar informação adequada sobre a doença e conscientizar familiares e amigos do sexo masculino de que é necessário cuidar de si para ter uma boa saúde, os associados da ANABB também podem adotar hábitos simples para prevenir a ocorrência do câncer de próstata, entre eles:

  • Manter uma alimentação saudável e equilibrada;
  • Não fumar;
  • Identificar e tratar adequadamente a pressão alta, o diabetes e os problemas de colesterol;
  • Manter um peso saudável;
  • Praticar atividades físicas regularmente.

Por outro lado, deve-se estar atento a alguns sintomas suspeitos, como: sensação de que a bexiga não se esvaziou completamente, persistindo a vontade de urinar; dificuldade de iniciar a passagem da urina ou de interromper o ato de urinar; necessidade de fazer força para manter o jato de urina ou de urinar imediatamente; dificuldade em manter a ereção; sentir dor durante o ato de urinar ou ao ejacular; sentir dor nos testículos, na região lombar, na bacia ou no joelhos. Ao notar alguma dessas situações, procure um médico.

Saída mais sobre a próstata e a prevenção ao câncer
 

Fonte: Agência ANABB