× Modal
< Voltar


Não mexe no meu BB

Pesquisa encomendada pela ANABB é destaque na imprensa

Jornal O Estado de S.Paulo destacou o consumo de informação pelos Parlamentares abordado no estudo


Em 02.09.2019 às 17:14 Compartilhe:

A pesquisa encomendada pela ANABB para saber a percepção geral dos parlamentares sobre o Banco do Brasil foi destaque nesta segunda-feira (2/9) no jornal O Estado de S. Paulo. Na nota publicada na Coluna Opinião, o jornal ressaltou como um dos pontos principais da pesquisa a maneira que os deputados e senadores estão consumindo informação.

O estudo “Consumo de Informação pelo Congresso Nacional” que integrou a pesquisa “O que pensam os congressistas da nova legislatura sobre o Banco do Brasil?”, abordou os hábitos de informação e a interação dos parlamentares com os eleitores nas mídias sociais. O levantamento realizado pela empresa DataPoder360 Pesquisas afirma que o jornal é o meio de informação mais utilizado pelos parlamentares, com 20% da preferência. Os jornais estão na frente da televisão (17%) e dos portais de notícia na internet (16%). As redes sociais são usadas por 15% dos congressistas, enquanto revistas e rádios aparecem empatados com 13% de preferência, cada.

O que pensam os congressistas da nova legislatura sobre o Banco do Brasil?

Outro ponto da pesquisa apontou que 70% dos parlamentares apoiam o Banco do Brasil contra a privatização e o consideram um banco eficiente. Foram realizadas 297 entrevistas com congressistas de todos os partidos, sendo 40 senadores e 257 deputados federais, entre os dias 3 e 27 de junho de 2019.

O levantamento identificou, na visão dos parlamentares, quais as áreas em que o Banco do Brasil pode fazer ainda mais pelo País. Agronegócio (25%), crédito para micro, médias e pequenas empresas (23%) e crédito para agricultura familiar (19%) foram as mais lembradas. Já a contribuição do BB para a infraestrutura foi apontada por 14% dos parlamentares; enquanto inovação e tecnologia, por 9%; e comércio exterior, por 5%.

Destaque para os governistas: 33% consideram que o Banco pode ajudar o País no crédito para agricultura familiar. A agricultura familiar também foi a preferida da oposição, com 29% de respostas. O centrão optou pelo agronegócio e crédito para micro, pequenas e médias empresas, com 30% cada. Já os independentes, com 40% de respostas, apostam no papel do BB no crédito para micro, pequenas e médias empresas.

A pesquisa

A amostra representa proporcionalmente todos os partidos, posições políticas e regiões do Brasil. A pesquisa faz parte das ações de fortalecimento do Banco do Brasil, dentro da agenda de valorização das empresas públicas sólidas, lucrativas e úteis para a sociedade brasileira. Para a ANABB, o resultado da pesquisa foi muito satisfatório, pois mostrou o nível de conhecimento dos parlamentares sobre o Banco do Brasil, que o reconheceram como eficiente e importante para a economia brasileira. 

Os deputados e senadores ouvidos se mostraram cientes das áreas de atuação do Banco, com força para o agronegócio e avaliaram que os funcionários do Banco são preparados para o exercício da função.

Clique aqui e acesse a nota publicada no jornal O ESTADO S. PAULO

Clique aqui e acesse a íntegra da pesquisa

Fonte: Agência ANABB