× Modal
< Voltar


ANABB

Em ofício à CVM, ANABB defende integridade do Banco do Brasil

Associação aponta conflito de interesses na nomeação de conselheiro para o BB


Em 25.06.2019 às 17:52 Compartilhe:

A ANABB, mais uma vez, se posiciona contra a indicação de conselheiros para o Banco do Brasil que tenham conflitos de interesse devido à atuação em empresas concorrentes. Em nova iniciativa, a Associação encaminhou ofício à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), no dia 19 de junho, apontando a necessidade de observância rigorosa aos programas de integridade e compliance.

No ofício, a ANABB relata que o Banco do Brasil fez recente comunicado ao mercado anunciando a nomeação de um conselheiro, que já havia sido citado pela Associação, por exercer atividades relacionadas em empresas concorrentes ao Banco.

Como a decisão não foi tomada em Assembleia, a ANABB viu a necessidade de fazer um comunicado oficial à CVM, reforçando a existência de conflito de interesses.

A ANABB entende que os conselheiros de administração passam a ter acesso a notas, estudos, diretrizes, além de informações sigilosas sobre companhias que possuem relação comercial e de crédito com o Banco.

CLIQUE AQUI E VEJA O OFÍCIO ENCAMINHADO PELA ANABB À CVM

Entenda mais sobre o assunto

A ANABB teve importante e reconhecida atuação na Assembleia Geral do Banco do Brasil, no dia 26 de abril. Na ocasião, a ANABB se posicionou contra a eleição de pessoas, para os Conselhos de Administração e Fiscal do BB, que tenham conflitos de interesse devido à atuação em empresas concorrentes. O voto do ANABB foi acatado pela mesa que conduziu os trabalhos e encaminhado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A atuação em defesa do Banco do Brasil foi destacada pelo jornalista Lauro Jardim, colunista do jornal O Globo, em seu blog.

CLIQUE AQUI E VEJA A NOTA DO COLUNISTA SOBRE O POSICIONAMENTO DA ANABB

Fonte: Agência ANABB