× Modal
< Voltar


Cassi

Vídeo - Associados da Cassi votam de 17 a 27/05

A consulta acontece para votação das alterações no Estatuto, que são fruto da proposta de sustentabilidade


Em 16.05.2019 às 18:03 Compartilhe:

Após ampla negociação entre entidades representativas e patrocinador, chegou a hora dos associados decidirem sobre a proposta de sustentabilidade construída para a Caixa de Assistência. A consulta com o corpo social acontecerá de 17 a 27 de maio (das 9h do dia 17 às 18h do dia 27) por meio do site da Cassi, do aplicativo, nos Terminais de Autoatendimento do BB e, para funcionários da ativa, existe ainda a opção de votar pelo SisBB.

A orientação da ANABB é pelo voto SIM. A entidade acredita que as alterações propostas buscam implementar medidas necessárias para restabelecer o equilíbrio financeiro e atuarial da Caixa de Assistência, com a contrapartida do patrocinador e dos associados, tendo cada um cedido em pontos divergentes e mantido premissas que consideram fundamentais para alcançar o equilíbrio no custeio.

De acordo com o artigo 73 do Estatuto da Cassi, para aprovação da reforma estatutária, é necessário quórum de votantes de metade do total de associados registrado no último balancete, mais 1 associado, e, no mínimo, 2/3 destes devem votar favoravelmente, não computados os votos em branco. O total de titulares do Plano de Associados aptos (funcionários da ativa e aposentados) a votar é de 168.580 associados.

As principais premissas da proposta são que as contribuições serão mantidas no atual patamar (4% para associados e 4,5% para o BB), mesmo após 2022, com a vinculação da contribuição por dependente ao percentual do salário/benefício recebido. O Banco, por sua vez, irá contribuir com adicional de 3% (por dependente) para até três dependentes dos funcionários da ativa, até a sua aposentadoria, e com uma taxa de administração de 10% sobre a folha total dos funcionários da ativa até 2021 e retroativa a jan/2019, valores que serão injetados no caixa da Cassi e auxiliarão no custeio global do plano, garantindo sua solvência até 2024.

Na parte de governança, foram inseridas alterações que buscam a melhoria e agilidade dos processos decisórios. A aprovação da proposta de alteração estatutária, defendida pela ANABB, representa a recuperação do equilíbrio financeiro da Cassi.

Para contribuir com a reflexão sobre a proposta de sustentabilidade da Cassi, a ANABB elaborou encarte especial, enviado para os associados junto com o jornal Ação, e está produzindo vídeos explicando tudo o que foi negociado e que está sendo alterado no Estatuto.

Clique aqui e veja o encarte Proposta de Sustentabilidade da Cassi

Clique aqui e veja os vídeos produzidos sobre a Cassi

Fonte: Agência ANABB