× Modal
< Voltar


Previ

Acionista da Vale, Previ lamenta tragédia de Brumadinho

A Caixa de Previdência afirmou estar atenta para que a Vale preste todo o suporte


Em 28.01.2019 às 17:44 Compartilhe:

Em nota emitida no sábado (26/1), a Previ lamentou o rompimento da barragem de rejeitos da Mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG).

A Caixa de Previdência afirmou estar atenta para que a Vale preste todo o suporte necessário aos atingidos pelo desastre. O investimento da Previ na Vale se dá por meio da Litel, veículo de investimento que detém 22% do capital total da empresa. O fundo de pensão possui 80,6% da Litel.
 

Veja a nota divulgada pela Previ: 

Posicionamento sobre a tragédia de Brumadinho
 
A Previ, assim como toda a sociedade brasileira, está profundamente sensibilizada com o acidente de Brumadinho e solidária com as vítimas e familiares. 
 
Como acionistas da Vale, estamos nos certificando de que a companhia está dando todo o suporte possível para os atingidos, bem como adotará providências para apurar os motivos do acidente.

 

Arrecadações para Brumadinho

O Banco do Brasil anunciou a abertura de uma conta exclusiva para receber doações para Brumadinho. Segundo o BB, o recurso será usado para necessidades urgentes da população local afetada. 

Colabore: 
Agência 1669-1
Conta 200-3 (SOS Brumadinho)
CNPJ 18.363.929/0001-40


 

Fonte: Agência ANABB