× Modal
< Voltar


Banco do Brasil

O Caref tem suas origens no Gabinete de Representação do Funcionalismo

O conselheiro é eleito pelos funcionários da ativa para ser um dos oito integrantes do Conselho de Administração do BB


Em 24.01.2019 às 15:46 Compartilhe:

O cargo de Conselheiro de Administração - Representante dos Funcionários do Banco do Brasil (Caref) tem suas origens no antigo Gabinete de Representação do Funcionalismo (Garef), criado no final dos anos 1980, fruto da luta dos trabalhadores da instituição. Este espaço funcionou junto ao Conselho de Administração, maior instância gestora do Banco, até o ano de 2002, quando foi extinto.

Em 2008, o Poder Executivo apresentou um projeto de lei que tratava da participação dos empregados nos Conselhos de Administração das empresas da União. O projeto foi aprovado na Câmara dos Deputados e no Senado Federal durante o ano de 2010. Em 30 de dezembro do mesmo ano, a Lei 12.353 foi sancionada, criando-se a figura do Caref, com a primeira eleição sendo realizada em 2013.

Entre as atribuições do Conselheiro de Administração - Representante dos Funcionários do Banco do Brasil, está a de fiscalizar a execução da política geral de negócios e serviços do BB. O Conselho de Administração é composto de oito membros, sendo cinco indicados pelo governo, dois pelos acionistas minoritários e um eleito pelos funcionários. O Caref participa de todas as decisões, exceto daquelas que dizem respeito à remuneração e aos benefícios dos funcionários.

Fonte: Agência ANABB