× Modal
< Voltar


Observatórios Sociais

Entidade parceira da ANABB vai integrar Conselho de Transparência Pública e Combate à Corrupção

O Observatório Social do Brasil foi selecionado, junto com outras 7 entidades da sociedade civil  


Em 19.11.2018 às 18:04 Compartilhe:

O Observatório Social do Brasil (OSB), entidade parceria da ANABB na fiscalização de políticas públicas, foi selecionado para integrar o Conselho de Transparência Pública e Combate à Corrupção (CTPCC) do Ministério da Transparência e Controladoria Geral da União (CGU).

O Conselho é um órgão consultivo que teve sua atuação fortalecida com a publicação do Decreto nº 9.468, em 13 de agosto de 2018, além da atualização das suas atribuições, competências, diretrizes e composição. A partir de 2019, o Conselho será formado por membros do Governo Federal – CGU, Casa Civil, Ministério da Justiça, Ministério da Fazenda, Ministério do Planejamento, Advocacia-Geral da União (AGU) e Comissão de Ética Pública da Presidência da República (CEP) – e da sociedade civil organizada – instituições com experiência comprovada em projetos de diferentes áreas de atuação.

Além do Observatório Social do Brasil, outras seis entidades foram selecionadas para compor o Conselho.

Para o vice-presidente de Comunicação da ANABB, Douglas Scortegagna, a escolha é um reconhecimento não apenas ao trabalho do próprio Observatório, mas também aos associados, que desde o início da parceria, apoiaram o trabalho dos mais de três mil voluntários que integram o OSB. “Os associados da ANABB sabem da importância do Observatório no combate à corrupção. Ter essa entidade ocupando uma cadeira no Conselho é uma forma de representar todos aqueles que confiam nesse trabalho”.   

Entre as atribuições do Conselho estão o debate e sugestão de medidas para o enfrentamento da corrupção e da impunidade; o fomento da transparência e do acesso à informação pública; a promoção de medidas de governo aberto; a integridade e ética nos setores público e privado; e o controle social para acompanhamento e fiscalização da aplicação dos recursos públicos.

O presidente do OSB, Ney da Nóbrega Ribas, acredita que a oportunidade de participar do Conselho contribui ainda mais com o controle social e aperfeiçoamento das políticas públicas, da transparência e da integridade. “O OSB é um instrumento da sociedade e com certeza dará uma valiosa contribuição no processo de transformação do nosso país”, exclama.

Fonte: Agência ANABB