× Modal
< Voltar


Cassi

Banco do Brasil rejeita nova proposta para Cassi e nega reabertura de negociações

Banco não considerou alternativas apresentadas pela ANABB e CONTEC, endossadas pela FAABB e suas Associações, para a sustentabilidade da Cassi


Em 07.11.2018 às 19:48 Compartilhe:

O Banco do Brasil rejeitou a proposta de equilíbrio financeiro da Cassi apresentada pela  ANABB e pela CONTEC e endossada pela FAABB, encaminhada à Instituição financeira no último dia 5/11, com alternativas para a reconstrução da sustentabilidade e da perenidade da Caixa de Assistência.

Em ofício enviado à Cassi, com cópia para ANABB e CONTEC, na manhã desta quarta-feira (7/11), o Banco do Brasil justificou, dentre outros motivos, que a proposta não contemplou as premissas relacionadas ao custeio já definidas pela Governança do Banco, em especial:  cobrança por participante bem como a paridade de contribuição a partir de 2022. Clique aqui para ver a íntegra do ofício.

A Associação recebeu essa negativa com surpresa, visto que, recentemente, o próprio Banco do Brasil deixou a porta aberta para a negociação. Além disso, o curto espaço de tempo para a resposta pressupõe que não houve uma análise técnica mais aprofundada, inclusive por parte da Cassi.

A ANABB lamenta essa falta de sensibilidade do Banco do Brasil, pois essa negativa pode impactar a Caixa de Assistência e a vida de seus quase 1 milhão de pessoas atendidas nos planos oferecidos.

Mesmo com essa resposta, a ANABB continua firme na defesa dos associados da Cassi para se chegar a um resultado justo para todos. A Associação, juntamente com as demais entidades que compõem a Mesa de Negociação (AAFBB, CONTEC, CONTRAF e FAABB), analisará o ofício do BB bem como o parecer técnico e atuarial da Cassi, conforme solicitado pelas Entidades, e manterá os associados informados sobre as próximas ações.

Fonte: Agência ANABB