× Modal
< Voltar


Banco do Brasil

Lucro do Banco do Brasil cresce 22,3% no segundo trimestre

De acordo com o BB, a renda com tarifas, o controle de despesas, além de provisões menores, foram os destaques do período


Em 09.08.2018 às 11:32 Compartilhe:

O Banco do Brasil divulgou nesta quinta-feira (9/8) que teve lucro líquido ajustado de R$ 3,2 bilhões no segundo trimestre, uma alta de 22,3% em relação ao segundo trimestre de 2017. No primeiro semestre do ano, o lucro foi de R$ 6,3 bilhões, um crescimento de 21,4% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Em relação ao primeiro trimestre, houve elevação de 7,1%. Segundo o BB, o resultado foi influenciado pelo aumento das rendas de tarifas, controle das despesas administrativas e menores provisões de crédito.

As rendas de tarifas, influenciadas principalmente pela linha de conta corrente, tiveram aumento de 7,2% no primeiro semestre do ano. As tarifas relacionadas à administração de fundos representaram aumento de 13,2% nos primeiros seis meses do ano.

O índice de inadimplência teve queda pelo quarto trimestre consecutivo, atingindo 3,34% no segundo trimestre.

Estratégia digital

No balanço divulgado o BB afirmou que encerrou o segundo trimestre de 2018 presente em 99,7% dos municípios brasileiros. Com a evolução da estratégia digital, o BB atingiu 648 agências digitais e especializadas em funcionamento ao final de junho. Já as transações via internet e telefone celular atingiram 77% das transações do BB no segundo trimestre deste ano.

Fonte: Agência ANABB com informações do Banco do Brasil