× Modal
< Voltar


ANABB

ANABB reforça posicionamento contra abertura dos bancos aos sábados

A Associação se reuniu com o autor do projeto, Senador Roberto Muniz (PP/BA), no dia 16 de maio


Em 18.05.2018 às 17:18 Compartilhe:

A ANABB está dando continuidade a sua atuação junto aos parlamentares sobre o Projeto de Lei (PLS) nº 203/2017 que autoriza a abertura dos bancos aos sábados. Desta vez, a Associação, representada pelo vice-presidente de Relações Institucionais, João Botelho, se reuniu com o autor do projeto, senador Roberto Muniz (PP/BA), no dia 16 de maio.

A Associação apresentou ao parlamentar os argumentos contrários à aprovação do PLS, tais como: em caso de aprovação, o projeto alteraria uma lei conquistada pelos trabalhadores em 1962, a Lei nº 4.178/62, que rege o funcionamento de estabelecimentos de crédito; também repercute sobre a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), que proíbe o trabalho de bancários aos sábados, e amplia os riscos para a terceirização.

O parlamentar afirmou que “não tem pretensão de prejudicar o funcionalismo bancário” e deu abertura para o diálogo com a ANABB.

A ANABB já obteve uma importante conquista nesse projeto. Graças à atuação da entidade, ele foi retirado de pauta no dia 23 de abril. Na ocasião, a Associação solicitou uma reunião com o relator do projeto, senador Otto Alencar (PSD/BA), tão logo foi notificada de que o assunto entraria na pauta do dia. O relator se sensibilizou com os argumentos apresentados pela ANABB e retirou o projeto da pauta de votação na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado.

O PLS continua em discussão na CAE e o trabalho da ANABB é para que o projeto não retome à pauta para apreciação dos parlamentares.

Veja a íntegra da matéria
ANABB muda rumos de projeto de lei que traz impactos para funcionários da ativa do BB

Fonte: Agência ANABB