× Modal
< Voltar


Eleições Previ

Previ divulga nova lista com as chapas inscritas para o pleito de 2018

Conheça a relação das chapas e os candidatos inscritos


Em 28.02.2018 às 20:28 Compartilhe:

Atualizada em 1º de março, às 15h40

Nesta quinta-feira, 1º de março, a Comissão Eleitoral divulgou nova lista das chapas inscritas para as eleições Previ 2018. De acordo com a errata publicada, por um problema no controle de recebimento das mensagens, a ferramenta anti-spam da Previ bloqueou o recebimento da mensagem com o pedido de inscrição de uma das chapas.

A Comissão Eleitoral confirmou que a chapa em questão encaminhou por e-mail, dentro do prazo estabelecido, o requerimento da inscrição. Posteriormente, verificou-se que a mensagem ficou retida e não foi entregue na caixa postal da Comissão Eleitoral. Além de fazer todas as verificações cabíveis para comprovar que o requerimento de inscrição foi feito dentro do prazo regulamentar, a Comissão Eleitoral verificou que os originais dos documentos e do requerimento de inscrição foram postados, via Sedex, dentro do prazo limite. Desta forma, o pedido de inscrição foi considerado regular. A homologação das chapas deve ocorrer até 19/3 pela Comissão Eleitoral.

Sendo assim, a ANABB também atualizou a lista das chapas inscritas.  

Na fase de inscrição das chapas, encerrada no dia 28/2, foi necessário apresentar a relação dos candidatos que vão concorrer aos cargos no Conselho Deliberativo (um titular e um suplente); Conselho Fiscal (um titular e um suplente); Diretoria Executiva (diretor de Administração e diretor de Planejamento); Conselho Consultivo do Plano 1 (dois titulares e dois suplentes); e Conselho Consultivo do Previ Futuro (dois titulares e dois suplentes). 

Clique nos links abaixo e veja a relação das chapas e dos candidatos inscritos:

Mais União

Futuro se Constroí Agora

Previ para os Associados

 Autonomia e Inovação 

Solidez e Atitude


Uma das novidades desse pleito da Previ é que passam a vigorar as novas regras eleitorais. As alterações foram necessárias para obedecer às normas da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), após a edição da instrução Previc nº 6, de 29/5/2017.

O cumprimento dos pré-requisitos exigidos pela instrução Previc serão analisados nos próximos dias pela Comissão Eleitoral da Previ. Os principais pontos são:

Possuir experiência profissional comprovada de, no mínimo, três anos, no exercício de atividades nas áreas financeira, administrativa, contábil, jurídica, de fiscalização ou de auditoria.Não ter sofrido penalidade administrativa por infração da legislação da seguridade social, inclusive da previdência complementar ou como servidor público.Não ter sofrido condenação criminal transitada em julgado.Ter reputação ilibada.Obter certificação emitida por entidade autônoma, nos prazos estabelecidos na  Instrução.Ter residência fixa no Brasil, para os membros da Diretoria Executiva.

No caso do Diretor de Planejamento, que na Previ é o AETQ (Administrador Estatutário Tecnicamente Qualificado), devem ser observados requisitos específicos também previstos na Instrução Previc nº 6 tais como: possuir experiência mínima de três anos na área de investimentos e ter certificação emitida por instituição autônoma, que deve ser comprovada na inscrição da chapa. Esse dirigente é responsável pela gestão, alocação, supervisão, controle de risco e acompanhamento dos recursos garantidores dos planos e pela prestação de informações relativas à aplicação desses recursos.

A Comissão Eleitoral comunicará formalmente aos representantes de chapa toda e qualquer irregularidade detectada na documentação, concedendo o prazo de dois dias úteis às chapas para saneamento das irregularidades apontadas.

Clique aqui e conheça a Instrução Previc nº 6, de 29/5/2017

Fonte: Agência ANABB