× Modal
< Voltar


Banco do Brasil

Lucro ajustado do BB cresce 54,2% em 12 meses

O lucro líquido ajustado da instituição do quarto trimestre foi o maior lucro trimestral nominal originado em suas operações na história do banco


Em 23.02.2018 às 09:32 Compartilhe:

O Banco do Brasil divulgou nesta quinta-feira (22/2) que seu lucro líquido ajustado foi de R$ 11,1 bilhões em 2017, valor 54,2% maior que o verificado em 2016. O retorno sobre patrimônio líquido (RSPL) foi de 12,3% em 2017. No quarto trimestre de 2017, o lucro líquido ajustado foi de R$ 3,2 bilhões, o que mostra desempenho 82,5% superior ao do mesmo trimestre do ano anterior - R$ 1,7 bilhão - e o maior resultado trimestral desde 2012.

Segundo o BB, esse crescimento foi motivado pela expansão dos negócios, controle de despesas administrativas e, principalmente, pela redução das despesas com provisões em razão da melhoria da qualidade da carteira.

A carteira de crédito ampliada do BB chegou a R$ 681,3 bilhões no quarto trimestre, ante R$ 677 bilhões do trimestre anterior. Agronegócios e operações geradas organicamente pela rede de agências no segmento de pessoas físicas foram os destaques.

O financiamento ao agronegócio encerrou dezembro de 2017 com saldo de R$ 182 bilhões na carteira ampliada. O saldo da carteira de crédito rural ampliada alcançou R$ 159,7 bilhões, o que representa crescimento de 6,1% em relação ao mesmo trimestre de 2016.

Controle de despesas

Na divulgação dos resultados, o BB afirmou que está focado na produtividade e eficiência, mantendo rígido o controle de duas despesas administrativas que tiveram, em 2017, redução de 3,1% em relação a 2016.

A gestão dessas despesas permitiu ao BB alcançar índice de eficiência de 38,1% no quarto trimestre de 2017, ante 39,7% no quarto trimestre de 2016. O índice de eficiência mede quanto o Banco gasta para gerar receita. Por isso, quanto menor o índice, melhor o desempenho.

Fonte: Agência ANABB, com informações do BB