× Modal
< Voltar


ANABB

Negociações entre ANABB e Coop-ANABB avançam

A ANABB escriturou 13 apartamentos do empreendimento Jardim Paineiras, em Samambaia/DF, construídos pela Coop-ANABB


Em 12.01.2018 às 17:43 Compartilhe:

A ANABB assinou nesta quinta-feira, 11 de janeiro, as escrituras dos 13 apartamentos de sua propriedade, que fazem parte do edifício Jardim Paineiras, um dos empreendimentos da Coop-ANABB. A assinatura representou um passo importante no trabalho de negociação da Força-Tarefa criada entre a ANABB e a Cooperativa. Para a vice-presidente Administrativa e Financeira da ANABB e integrante da força-tarefa, Graça Machado, a negociação foi primordial em todo processo. “A solução de todo e qualquer problema através da negociação pode até ser o caminho mais longo e trabalhoso, mas certamente é o mais efetivo para todos os envolvidos”, concluiu a vice-presidente.

Com as escrituras em nome da ANABB, o próximo passo é convidar todos os cooperados que possuem imóveis adquiridos junto à Coop-ANABB para uma análise da situação de cada um, na tentativa de resolver as pendências. “Buscaremos alternativas juntos com os cooperados para solucionar possíveis impasses. A nossa maior preocupação é evitar qualquer tipo de prejuízo para os cooperados e para a ANABB”, afirmou o presidente da ANABB, Reinaldo Fujimoto.

FORÇA-TAREFA
A Diretoria Executiva da ANABB vem buscando desde o início da sua gestão, em 2016, estabelecer negociações administrativas com a Cooperativa na busca de soluções para as pendências existentes. Uma das alternativas encontradas foi a criação de um grupo de trabalho com representantes das duas entidades para otimizar as negociações e resguardar o patrimônio dos cooperados e dos associados. 

Em agosto de 2017, o assunto foi retomado e a Diretoria Executiva decidiu reativar a Força-Tarefa, com a proposta de segmentar as negociações por empreendimento. Essa decisão foi aprovada no Conselho Deliberativo da ANABB em setembro do mesmo ano. Ao todo, três empreendimentos fazem parte do processo, Jardim das Paineiras (DF), Jardim da Barra (RJ) e Quartier Latin (Sergipe). “A reconstituição da Força-Tarefa teve como objetivo identificar, analisar e oferecer propostas para sanar as pendências entre a ANABB e a Cooperativa”, ressaltou o vice-presidente de Relações Institucionais, João Botelho que integrou a Força-Tarefa durante todo o processo.

Veja mais na galeria

Representantes das entidades assinam escrituras
1 de 3
Fonte: Agência ANABB