× Modal
< Voltar


Natal sem Fome

Campanha Natal sem Fome superou expectativas

Arrecadação em dinheiro continua


Em 21.12.2017 às 16:36 Compartilhe:

Mais de 62 toneladas de alimentos arrecadados com apoio da ANABB

Essa quantidade refere-se apenas aos pontos de arrecadação organizados pelos diretores regionais, mobilizados pela ANABB e pelo Instituto VIVA CIDADANIA

A Campanha Natal sem Fome, que foi relançada este ano pela Ação da Cidadania, contou com o engajamento do Instituto VIVA CIDADANIA (IVC) e da ANABB, que mobilizaram seus 66 diretores regionais, obtendo uma considerável arrecadação de mais de 62 toneladas de alimentos. Alguns Diretores Regionais organizaram pontos de arrecadação de alimentos em suas localidades e relataram boa mobilização de pessoas que fizeram doações à campanha.

Este ano, a Campanha contou com o apoio inédito de duas agências das Nações Unidas, a FAO e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Douglas Scortegagna, presidente do IVC e vice-presidente de Comunicação da ANABB, lembrou que em 1993, quando a Ação da Cidadania foi lançada, a ANABB também inaugurou seu primeiro programa social, o Brasil Sem Fome, que foi inspirado no trabalho social do Betinho. “Fortalecemos nossa atuação e ampliamos o programa para atender todas as carências para o exercício da cidadania, como educação, profissionalização e ressocialização, que hoje é encampado pelo IVC. Não poderíamos ficar de fora dessa campanha”.

Vale lembrar que o comitê Ação da Cidadania está presente em 18 unidades da Federação e contou com uma rede de apoio para arrecadação e distribuição dos alimentos, que foram recolhidos durante a campanha Natal sem Fome. Entre os itens arrecadados estão arroz, feijão, macarrão, azeite, açúcar e fubá. O recebimento das doações encerrou-se nesta segunda-feira, 18/12.

A diretora regional da Paraíba, Aurinete Oliveira estava toda animada com o desempenho da campanha em Campina Grande e João Pessoa, onde foram realizadas confraternizações exclusivas para essas doações. “Me emocionei com o sucesso da arrecadação de alimentos. Ficamos muito felizes com o resultado positivo que ultrapassou as nossas expectativas”, comentou a Direg.

O diretor regional em Goiás, Elézer Lemes da Silva (GO-17), ressaltou a importância da parceria com o Comitê de Cidadania do BB em Goiânia. “Conquistamos a quantia de 36 toneladas no estado muito em virtude dessa parceria com o comitê de Goiânia, pois esse é um trabalho desenvolvido anualmente no estado com os voluntários, e agora, com a reativação da campanha, as entidades previamente cadastradas serão beneficiadas com esses alimentos”, destacou o direg que acrescentou ainda. “o apoio da ANABB e do IVC foram de extrema importância neste momento de aumento de pessoas carentes”

O diretor regional no Maranhão, Camilo Gomes (MA-19), outro dirigente que conseguiu número significativo de donativos no estado (25 toneladas), também por meio de parceria com comitê local, destacou o trabalho desenvolvido na ação social. “Eu acompanhei o esforço dos voluntários do Comitê Contra a Fome e a Miséria no Maranhão e pude ver a importância desse trabalho, ainda mais nesse esforço de equacionar a questão da fome, e mais importante ainda pela reativação desse debate em nosso país”.

Graça Machado, diretora de projetos do IVC e vice-presidente Administrativa e Financeira da ANABB, disse que participar dessa campanha, junto com a Ação da Cidadania, fortalece o nosso compromisso com o bem-estar social. “Se cada um fizer sua parte, teremos condições de fazer a diferença na vida das pessoas que não têm como prover o sustento de suas famílias. O sucesso da campanha Natal Sem Fome mostra que vale a pena nos unirmos por essa causa”, destacou Graça.

A meta da campanha de 500 toneladas foi mais do que superada. Foram arrecadadas aproximadamente 650 toneladas de donativos pela ONG Ação da Cidadania. Somando com a arrecadação dos diregs da ANABB (de 62t), o resultado final ultrapassa as 700 toneladas de alimentos.

Veja mais na galeria

Campanha Natal sem Fome na Bahia
1 de 10
Fonte: Agência ANABB