× Modal
< Voltar


Observatórios Sociais

ANABB renova convênio com observatórios sociais 

O Observatório Social do Brasil é a maior rede em articulação da sociedade civil


Em 22.05.2017 às 11:54 Compartilhe:

A ANABB renovou o convênio de cooperação financeira com as cinco unidades dos Observatórios Sociais que apoia: de Campo Grande (MS), Santo Antônio de Jesus (BA), Campos Gerais – Ponta Grossa (PR), Pelotas e Erechim (RS). A renovação foi assinada pelo vice-presidente de Comunicação, Douglas Scortegagna, no dia 18 de maio, em Campo Grande/MS. O diretor regional da ANABB no estado, Valdineir Ciro, esteve presente no evento de renovação. Além da Associação, são apoiadores dos Observatórios a Ordem dos Advogados do Brasil, o Ministério Público, os Conselhos Federais de várias entidades e empresários locais.

O apoio da ANABB aos Observatórios começou em 2013. O Observatório Social do Brasil é a maior rede em articulação da sociedade civil. Já são mais de 120 unidades em atividade, em 19 estados, o que representa 15% de toda a população do país. 

"Tem sido fundamental o apoio da ANABB para o nosso Observatório Social, estávamos praticamente com as atividades paralisadas por falta de recursos financeiros. O apoio nos possibilitou realizar todas as ações do OS e agora com a renovação do Convênio de Cooperação Financeira nos permitirá fortalecer e expandir o trabalho de fiscalização e monitoramento das contas públicas do nosso munícipio", afirmou o representante da ANABB no Observatório Social de Campo Grande (MS) e diretor regional da Associação, Valdineir Ciro de Souza.

A ANABB incentiva o trabalho desenvolvido pelos Observatórios, principalmente porque traz resultados importantes para a sociedade. A rede é composta por pessoas comuns, como estudantes, aposentados, empresários e profissionais de diversos setores, todos voluntários, que atuam na fiscalização de contas públicas, por meio do monitoramento de licitações e da cobrança de providências em caso de irregularidade. São cerca de 3 mil voluntários que trabalham pela causa da justiça social.

Estima-se que, nos últimos quatro anos (2013-2016), houve economia de mais de R$ 1,5 bilhão para os cofres municipais. E, a cada ano, mais de R$ 300 milhões do dinheiro público deixam de ser gastos desnecessariamente.

O trabalho feito pelos Observatórios possibilita a recuperação de, em média, 10% a 15% dos orçamentos em compras municipais e, nos últimos quatro anos, houve aumento expressivo da média de empresas que participam de licitações públicas, evitando muitas vezes acordos de preços e divisão dos lotes.

Seja você também um voluntário do OSB
Colega do BB, você também pode ser um voluntário. Atualmente, o OS conta com advogados, economistas, contadores, auditores, funcionários públicos, professores, estudantes e outros profissionais que doam um pouco do seu tempo para ajudar no trabalho de fiscalização ao mau uso dos recursos públicos. Juntos, podemos fazer a diferença entre o agir e o paralisar, entre o fazer e não somente reclamar.

Para mais informações sobre o trabalho do OSB e de como implantar um em sua cidade, acesse o site da rede www.osbrasil.org.br 
 

Veja mais na galeria

Dirigentes do OSB Campo Grande/MS assinam aditivo de convênio com ANABB
1 de 5
Fonte: Agência ANABB