× Modal
< Voltar


Banco do Brasil

BB tem lucro líquido de R$ 2,5 bilhões no primeiro trimestre

Esse resultado representa um aumento de 95,6% em relação ao mesmo período de 2016


Em 12.05.2017 às 09:59 Compartilhe:

O Banco do Brasil divulgou nesta quinta-feira (11/5) o lucro líquido ajustado de R$ 2,515 bilhões referente ao primeiro trimestre de 2017, o que representa um aumento de 95,6% na comparação com o mesmo período de 2016. O lucro contábil avançou 3,6% para R$ 2,443 bilhões.

Margem Financeira Bruta cresce 1,4% em 12 meses
Totalizando R$ 14,5 bilhões e incremento de 1,4% frente ao 1T16, destaque para a redução das despesas financeiras de captação e institucional e para a maior recuperação de crédito verificada em um primeiro trimestre nos últimos cinco anos.

Rendas de Tarifas crescem 12,3% em 12 meses
O desempenho decorre, principalmente, da evolução das rendas de tarifas de administração de fundos e de contas correntes, respectivamente maiores em 29,3% e 11,3%, frente ao 1T16, impulsionando a participação da prestação de serviços bancários na rentabilidade do banco.

Despesas Administrativas recuam 9,8% no trimestre
Fruto do rígido controle de gastos e da reorganização institucional, anunciada em novembro/16, a despesa de pessoal apresentou redução de 10,2% e as outras despesas administrativas reduziram em 9,1%, na comparação ao trimestre imediatamente anterior.

Carteira Rural cresce 5,7% em 12 meses
A carteira de Crédito Rural cresceu 5,7% em 12 meses, alcançando R$ 152,2 bilhões. As operações de custeio cresceram 8,9%, também frente a Mar/16. O Banco mantém-se, historicamente, como o principal agente financeiro do agronegócio no país. Conforme dados do Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), o BB detinha, em Mar/17, 58,4% de participação nos financiamentos destinados ao setor.

Carteira de Crédito Imobiliário cresce 6,6% em 12 meses
A Carteira de Crédito Imobiliário total, incluindo as operações para financiamento à produção, apresentou crescimento de 6,6% em 12 meses, alcançando saldo de R$ 53,7 bilhões no 1T17. O Financiamento Imobiliário PF apresentou crescimento de 10,9% na mesma comparação, alcançando saldo de R$ 42,6 bilhões.

Volume transacionado com cartões cresceu 3,5% no 1T17
O volume financeiro transacionado com cartões de crédito e débito alcançou R$ 66,4 bilhões no 1T17, crescimento de 3,5% ante mesmo trimestre do ano anterior. Destaque para o crescimento das transações tradicionais, formadas por compras em estabelecimentos comerciais do varejo, cujo crescimento foi de 8,2% no período.

Fonte: Agência ANABB