× Modal
< Voltar


Previ

Previ divulga posicionamento sobre a empresa BRF, citada na operação Carne Fraca da PF

Jornal Valor Econômico publica matéria com entrevista com o presidente da Previ, Gueitiro Genso


Em 24.03.2017 às 14:48 Compartilhe:

Uma das matérias relacionadas no Clipping da ANABB do dia 22/3 e que chamou a atenção foi do jornal Valor Econômico com o título “Previ tem plano para cada ativo investido, diz presidente”. Na entrevista feita com o presidente da Previ, Gueitiro Genso, são abordadas as alternativas para alocação dos investimentos da Caixa de Previdência a partir de 2018 em um cenário de queda de juros. Em um dos pontos abordados na matéria, o jornal cita que, entre as participações da Previ, está a BRF, recente alvo da operação Carne Fraca, da Polícia Federal (PF), com uma fatia de 10,66%.

Gueitiro disse na matéria que a Previ tem um plano de liquidez para cada uma das empresas participadas, o que está em linha com o planejamento estratégico e com a política de investimentos da entidade. Com relação à BRF, o jornal cita a seguinte fala de Gueitiro: “Temos um conselheiro e estamos acompanhando via governança da BRF. A Previ não tem ação direta lá. A empresa está em um setor importante e acreditamos muito naquele investimento”.

A Previ divulgou em seu site o posicionamento institucional com relação à BRF, que pode ser conferido a seguir.

Posicionamento da Previ sobre a BRF

Em relação às reportagens publicadas na mídia sobre a BRF e a operação da Polícia Federal esclarecemos que a PREVI, como acionista com 10,66% de participação na empresa, está acompanhando o acontecido, monitorando fatores como: 

  • As apurações e explicações que a companhia vem apresentando, assim como as ações que vem empreendendo no desenrolar da operação;
  • As possíveis consequências para imagem e negócio da companhia, e as providências necessárias a sua preservação;
  • A atuação da companhia perante os acionistas e a sociedade. Reforçamos que a PREVI não compactua com práticas ilegais ou demais atividades que coloquem em risco seus investimentos.

A BRF é uma companhia fundada em 2009, fruto da fusão das empresas Sadia e Perdigão, esta com participação da PREVI desde 1997.

Confira o comunicado que a BRF divulgou na segunda-feira, 20/3, em seu site   

Confira aqui a matéria completa do Jornal Valor Econômico sobre a Previ.

Fonte: Agência ANABB