× Modal
< Voltar


ANABB

Corrupção é tema de encontro com ministro da Transparência, Fiscalização e Controle

Além da ANABB, participaram entidades de diversos segmentos


Em 11.08.2016 às 00:00 Compartilhe:


A ANABB participou nesta quinta-feira, 11 de agosto, de encontro promovido pelo Congresso em Foco com o ministro da Transparência, Fiscalização e Controle (CGU), Torquato Jardim. Além da ANABB, que esteve representada pelo vice-presidente de Relações Institucionais, João Botelho, participaram entidades de diversos segmentos tais como Associação dos Magistrados do Brasil (AMB), Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Afinp) e Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (Affa Sindical).

No encontro, o Congresso em Foco entregou ao ministro um documento com as propostas para enfretamento das crises política, econômica e, principalmente, de combate à corrupção no Brasil, que é o foco desse ministério. As entidades aproveitaram a ocasião para também mostrar como estão atuando para promover a conscientização dos seus públicos contra a corrupção.

João Botelho, por exemplo, citou a iniciativa da Associação em apoiar os Observatórios Sociais do Brasil (OSB), cujo trabalho é o de fiscalizar as licitações e cobrar providências em caso de irregularidades. As ações realizadas pelos OSBs já economizaram para o país mais de R$ 1,5 bilhão, uma vez que a corrupção custa aos cofres públicos brasileiros quase R$ 200 bilhões por ano. Botelho também comentou o reconhecido trabalho feito pela Associação, em 1991. Naquela época, por possuir um competente contingente de auditores no quadro social, a ANABB fez acordo com o INSS para ajudar a combater fraudes nos 834 postos do instituto espalhados por todo o país. O acordo entre o INSS e a Associação passou a integrar as recomendações da Comissão Especial de Fiscalização e Controle do Ministério da Previdência Social, conforme decreto de 15 de junho de 1991.

O ministro reconheceu a ANABB, pois já trabalhou para a Associação como advogado. Também agradeceu a realização do encontro com as entidades, tendo em vista que é sempre importante que a sociedade civil e o governo estejam unidos. “A corrupção é um problema mundial e uma luta de todos os governos. Buscamos a reeducação da sociedade e o apoio dos jovens, porque é preciso ir além da normatividade, temos que reprimir a prática e achar à fonte do problema. É bom saber que a sociedade civil está engajada nos grandes temas que nos afligem”, disse  Torquato Jardim.

Congresso em Foco
O documento produzido pelo Congresso em Foco e entregue ao presidente da Câmara foi resultado do evento Diálogos Congresso em Foco. O seminário reuniu parlamentares, representantes da sociedade e estudiosos de várias áreas com o objetivo de discutir temas relacionados à crise política, econômica e corrupção no Brasil.

Clique aqui e leia na íntegra do documento construído durante o evento.


Fonte: Agência ANABB