× Modal
< Voltar


Banco do Brasil

BB tem lucro líquido de R$ 3 bilhões no segundo trimestre

O valor anunciado representa uma queda de 48,3%


Em 13.08.2015 às 00:00 Compartilhe:


O Banco do Brasil registrou lucro líquido de R$ 3,008 bilhões no segundo trimestre de 2015. O valor anunciado nesta quinta-feira (13/08) representa uma queda de 48,3% em relação aos R$ 5,818 bilhões registrado nos três meses anteriores. Em comparação com o mesmo período do ano passado (de abril a junho), o lucro cresceu 6,3%.

Em bases recorrentes (ou seja, tirando o efeito de fatos extraordinários), o lucro do BB somou R$ 3,04 bilhões de abril a junho, uma alta de 1,3% sobre um ano antes, e de 0,5% frente aos três meses anteriores.

Confira outros destaques anunciados pelo BB:

Banco do Brasil é líder em ativos totais
Os ativos do Banco do Brasil atingiram R$ 1,534 trilhão em jun/15, crescimento de 9,5% em 12 meses e 0,7% em relação ao trimestre anterior, favorecido principalmente pela expansão das Aplicações Interfinanceiras de Liquidez e Carteira de Crédito. O Banco do Brasil é líder em ativos entre as empresas do setor financeiro da América Latina.

Carteira de crédito ampliada do BB cresce 8,0% em 12 meses
A carteira de crédito ampliada, que inclui TVM privados e garantias prestadas, atingiu R$ 776,8 bilhões em jun/15, crescimento de 8,0% em 12 meses. Destaque para o financiamento imobiliário que registrou aumento de 37,8% em 12 meses. No período, o BB manteve a sua liderança em crédito no Sistema Financeiro Nacional (SFN), com 20,8% de participação de mercado.

Inadimplência estável e abaixo do Sistema Financeiro Nacional
Os índices de inadimplência do BB se mantiveram em patamares menores do que os observados no SFN. Ao fim de jun/15, o índice de operações vencidas há mais de 90 dias representou 2,04% da carteira de crédito, estável em relação à mar/15 e inferior ao patamar do SFN que registrou 2,9%. Além disso, os indicadores de inadimplência apurados a partir das operações vencidas a mais de 15 dias e vencidas entre 15-89 dias melhoraram em Jun/15, com 1,60% e 2,49%, respectivamente.

A qualidade da carteira de crédito do Banco do Brasil é evidenciada pela concentração de 94,2% das operações na faixa de risco AA-C. O nível de cobertura da carteira de crédito, que demonstra a relação entre a provisão existente e as operações vencidas há mais de 90 dias, encerrou o trimestre em 205,2%, mantendo-se acima do nível apresentado pelo mercado.

BB é um dos líderes no mercado de renda fixa local
O BB BI encerrou o 1° semestre de 2015 na 3ª posição do Ranking Anbima de Renda Fixa Consolidado – Originação. Foram estruturadas 25 ofertas de renda fixa representando um volume total de R$ 5.236 bilhões e 16,5% de Market Share. No Ranking Renda Fixa – Longo Prazo, considerando o 2T15, o BB BI ocupa a 1ª posição.

BB Consórcios registra incremento de 41,4% nas receitas
A BB Consórcios reportou lucro líquido de R$ 101,2 milhões no primeiro semestre de 2015, crescimento de 24,3% em relação ao mesmo período do ano anterior. O faturamento da Empresa ultrapassou R$ 1,6 bilhão, elevação de 27,4% comparada ao mesmo período de 2014, enquanto a receita de prestação de serviços apresentou incremento de 41,4%, totalizando R$ 205,3 milhões.

Fonte: Agência ANABB, com informações do Banco do Brasil