× Modal
< Voltar


Previ

Previ divulga informativo com os resultados do 1º semestre dos Planos

Plano de Benefícios 1 mantém-se superavitário e Ativo Líquido do PREVI Futuro cresceu 14,19% em relação a dezembro/2014


Em 11.08.2015 às 00:00 Compartilhe:


Plano de Benefícios 1 mantém-se superavitário e Ativo Líquido do PREVI Futuro cresceu 14,19% em relação a dezembro/2014.

Plano 1

O Plano encerrou o 1º semestre de 2015 com Ativo Líquido Total de R$ 138,55 bilhões. O superávit acumulado ficou em R$ 8,27 bilhões, valor que corresponde a 6,35% da Reserva Matemática, que somava R$ 130,27 bilhões ao final do 1º semestre. A rentabilidade no 1º semestre do ano foi de 6,12%.

No resultado dos investimentos no 1º semestre, destacamos os desempenhos dos segmentos de Renda Fixa (8,52%) e da carteira de Investimentos Imobiliários (6,59%).

Destaques

Renda Fixa

O segmento fechou o 1º semestre com rentabilidade de 8,52%.

O melhor desempenho em junho foi da carteira de Títulos Públicos Mantidos até o Vencimento, com rentabilidade de 1,34% (9,10% no 1º sem.). Dos ativos dessa carteira, os que obtiveram melhor performance no mês foram as NTN-B com vencimento em 2024 (1,58%), 2035 (1,44%) e 2045 (1,43%).

A receita proveniente de cupom no semestre é de R$ 970,58 milhões (R$957,89 milhões de NTN-B e R$ 12,69 milhões da NTN-F com vencimento em 2017).

A carteira de Títulos Públicos para Negociação teve desempenho negativo em junho de -0,32%, mas acumula 7,93% no 1º semestre. Em junho o COPOM elevou a taxa básica de juros que chegou a 13,75% a.a., influenciando o preço dos títulos marcados a mercado. Dos ativos dessa carteira, os que obtiveram melhor performance em junho foram as NTN-B com vencimento em 2017 (0,90%).

A receita proveniente de cupom no semestre é de R$ 339,27 milhões (R$ 246,58 milhões provenientes de NTN-B, R$ 56,00 milhões de NTN-C e R$ 36,69 milhões de NTN-F).

A carteira Títulos Privados de Instituições Não Financeiras teve rentabilidade de 0,85% em junho e 8,32% no semestre.

A carteira Fundos em Renda Fixa rendeu 1,08% em junho e 7,14% no 1º semestre. O Fundo Fator Sinergia foi o de melhor desempenho, tanto no mês de junho (1,70%) quanto no 1º semestre (8,31%).

Renda Variável

Rentabilidade

  • Destaques positivos no mês de junho foram: Ambev ON(4,36%) e Brasil ON (8,15%). No 1º semestre, os melhores desempenhos foram: Ambev ON(19,68%), Petrobras PN (26,85%) e Ultrapar ON (29,22%).
  • Destaques negativos no 1º semestre: Tupy ON(-9,80%) e Embraer ON(-2,86%).

Vendas

  • Total de Vendas no mês de junho: R$ 586,75 milhões
  • Total de Vendas no 1º semestre: R$ 2.338,18 milhões
  • Principais vendas no 1º semestre: Ambev (R$ 317,19 milhões), Itauunibanco (R$ 349,36 milhões) e BRF Foods (R$ 555,86 milhões).

Dividendos

  • Total de recebimento de Dividendos e JCP (Juro sobre Capital Próprio) no 1º semestre foi de R$ 913,94 milhões
  • Principais recebimentos no 1º semestre: Banco do Brasil (R$ 357,32 milhões) e Ambev (R$ 172,47 milhões).

Investimentos Estruturados

Com patrimônio de R$ 1,04 bilhão, o segmento apresentou rentabilidade de -4,69%. O valor total de amortização no 1º semestre foi de R$ 54,40 milhões. Já o valor total de integralizações no período foi de R$ 96,59 milhões, cujas principais foram: FIP Sondas (R$ 32,70 milhões) e FIP Brasil Agronegócio (R$ 25,58 milhões).

Investimentos Imobiliários 

O segmento fechou o 1º semestre com volume de investimentos no valor R$ 9,87 bilhões e rentabilidade de 6,59%.

Na Carteira Aluguéis e Renda há 14 shoppings centers que correspondem a 34,22% dos investimentos e 25 imóveis locados que correspondem a 48,54%. A rentabilidade de junho foi 2,49% e 7,30% no 1º semestre.

No 1º semestre foram realizadas 18 reavaliações com destaque para: BarraShopping, Condomínio Jordanesia Park e NorteShopping/1ªExpansão. O total das reavaliações gerou impacto de 3,03% na rentabilidade do segmento.

Previ Futuro

O Plano Previ Futuro encerrou 1º semestre de 2015 Ativo Líquido em R$ 6,38 bilhões, um acréscimo de 14,19% em relação a dezembro de 2014. A Reserva Matemática aumentou em R$ 762,00 milhões no ano. A rentabilidade do Plano no mês de junho foi de 0,55% e no 1º semestre foi de 7,02%.

No resultado dos investimentos os principais impactos positivos no 1º semestre foram os desempenhos do segmento de Renda Fixa (8,17%) e Renda Variável (5,07%).

Destaques

Renda Fixa


O segmento fechou o 1º semestre com rentabilidade de 8,17%.

O melhor desempenho no mês de junho foi da carteira de Títulos Públicos Mantidos até o Vencimento, com rentabilidade de 1,29%, acumulando 8,51% no 1º semestre. Dos ativos desta carteira, os que obtiveram melhor performance em junho foram as NTN-B com vencimento em 2017 (1,53%), 2024 (1,47%) e 2045 (1,43%).

A receita proveniente de cupom no 1º semestre é de R$ 22,13 milhões (R$14,08 milhões de NTN-B e R$ 8,053 milhões de NTN-F com vencimento em 2017).

A carteira de Títulos Públicos para Negociação teve desempenho negativo em junho, de -0,34%, mas acumula 8,06% no 1º semestre. Dos ativos desta carteira, os que obtiveram melhor performance no mês foram as NTN-B com vencimento em 2017 (0,90%) e 2018 (0,56%).

A receita proveniente de cupom no 1º semestre é de R$ 45,50 milhões (R$ 41,45 milhões de NTN-B, R$ 3,49 milhões de NTN-F, R$ 564 mil proveniente da NTN-C com vencimento em 2031).

A carteira Títulos Privados de Instituições Não Financeiras teve rentabilidade de 0,51% em junho e 7,66% no 1º semestre. No 1º semestre houve receita de R$ 19,59 milhões (amortização e juros).

A carteira Fundos em Renda Fixa rendeu 0,91% em junho e 7,18% no1º semestre. O fundo de melhor desempenho foi o FIDC Crédito Corporativo Brasil com 1,19% em junho e 6,68% no 1º semestre.

Renda Variável

Rentabilidade
O segmento fechou 1º semestre com rentabilidade de 5,07%.

  • Destaques positivos no mês de junho foram: Ambev ON (4,36%), Cielo ON (9,55%) e Petrobras ON (5,89%). No 1º semestre, os melhores desempenhos foram: Ambev ON(19,56%), Petrobras PN (26,80%) e Ultrapar ON(29,14%).
  • Destaques negativos no 1º semestre: Bradesco PN(-1,15%), Vale PNA(-15,95%), Kroton ON (-22,22%) e Pão de Açúcar-CBD PN (-24,76%).

Vendas

  • Total de Vendas no mês de junho: R$ 6,66 milhões
  • Total de Vendas no 1ºsemestre: R$ 195,11 milhões
  • Principais vendas no 1º semestre: Suzano Papel (R$ 32,22 milhões), Bradesco (R$ 18,08 milhões) e Cielo (R$ 15,20 milhões).

Compras

  • Total de Compras no mês de junho: R$ 19,06 milhões T
  • Total de Compras no 1º semestre: R$ 289,83 milhões
  • Principais no 1º semestre: Telef Brasil (R$ 29,08 milhões), Ambev S/A (R$ 21,95 milhões) e Vale (R$ 19,71 milhões).

Dividendos

  • Total de recebimento de Dividendos e JCP (Juro sobre Capital Próprio) no 1º semestre foi de R$ 36,42
  • Principais recebimentos no 1º semestre: Itauunibanco (R$ 4,84 milhões), Vale (R$ 3,46 milhões) e Ambev (R$ 3,30 milhões). I

Investimentos Estruturados

Com patrimônio de R$ 124,26 milhões, o segmento apresentou rentabilidade de -7,72% no 1º semestre.

No 1º semestre, o total de amortizações foi de R$ 1,93 milhão, provenientes principalmente do FIP Caixa Barcelona (R$ 1,59 milhão). Já o valor total de integralizações foi de R$ 17,33 milhões.

Investimentos Imobiliários

Com patrimônio de R$ 134,19 milhões, o segmento apresentou rentabilidade de 4,00% no 1º semestre.

A carteira Aluguéis e Renda, com rentabilidade de 0,60% em junho e 5,90% no 1º semestre, possui os imóveis Shopping ABC (rentabilidade de 0,53% em junho e 3,17% no 1º semestre) e Metro Tatuapé (rentabilidade de 0,68% em junho e 8,92% no 1º semestre).

A carteira de Imóveis em Construção é composta pelos imóveis Shopping Parque da Cidade e Torre Parque da Cidade.

Perfis de Investimento

Veja abaixo quadro com a rentabilidade dos Perfis de Investimento: 

Rentabilidade dos Perfis de Investimento (%)

Perfil

Jun/15

1º Sem/2015

Previ

0,54

6,59

Conservador

0,50

7,73

Moderado

0,52

7,13

Agressivo

0,54

6,42

Índices

Plano 1 (%)

Previ Futuro (%)

Meta da Política de Investimento (%)

Descrição

Jan a Jun/2015

Jan a Jun/2015

Descrição

Jan a Jun/2015

Rentabilidade do Plano

6,12

7,02

INPC+5%
(Meta Atuarial)

9,44

Renda Fixa

8,52

8,17

INPC+5,5%

9,70

Renda Variável

4,62

5,07

IBRX

6,41

Imóveis

6,59

4,00

INPC+8,5%

11,25

Investimentos Estruturados

-4,69

7,72

IPCA+8%

10,34

Operações com Participantes

8,97

8,76

INPC+5%
(Meta Atuarial)

9,44

Investimentos no Exterior

18,08

18,08

MSCI+US$

18,58

Fonte: Previ