× Modal
< Voltar


Cassi

Conferências de Saúde da Cassi são palcos de debate sobre a situação da entidade

O tema sobre a sustentabilidade da Cassi domina as discussões


Em 16.06.2015 às 00:00 Compartilhe:


A mobilização do funcionalismo do BB em torno do debate sobre a situação financeira da Cassi é crescente. Essas discussões têm sido levantadas pelos Conselhos de Usuários nas últimas Conferências de Saúde da Caixa de Assistência. O tema da Conferência do Espírito Santo, que ocorreu no dia 12/6, em Vitória, por exemplo, foi “Sustentabilidade da Cassi”.

O diretor de Saúde da Cassi, William Mendes divulgou mensagem em que falou sobre os debates realizados nessas conferências. “Fizemos um debate de cinco horas sobre a nossa querida Caixa de Assistência e fortalecemos muito a participação social”, comentou William sobre a reunião realizada em Vitória (ES). Ele também disse que “o evento teve uma participação histórica e isso nos dá uma energia muito grande para continuarmos o nosso trabalho de diretor eleito de Saúde e Rede de Atendimento da Cassi”.

Nesses eventos, a Cassi faz uma apresentação sobre o perfil da população, as despesas assistenciais, o custo por beneficiário e por faixa etária, além dos indicadores de uso dos serviços por tipo de Plano. Para William, “a Cassi necessita que todos tomem para si a importância do pertencimento, para, juntos, buscarmos soluções para sua sustentabilidade”. Ele afirmou ainda que o modelo de sistema integrado de saúde, que a Cassi tem desenvolvido, é o mais sustentável do ponto de vista econômico-financeiro e também o que apresenta melhores resultados em saúde por ser mais apropriado à doenças da contemporaneidade. 

A conferência do Mato Grosso, realizada em abril, e as conferências do Rio Grande do Norte, de Pernambuco e do Distrito Federal, realizadas em maio, também apresentaram o tema sobre a sustentabilidade da Cassi, e destacaram o momento de crise no sistema de saúde, com recursos limitados e desejos ilimitados.

“Esse debate foi importante para trazer aos usuários informações sobre a situação atual da Cassi e sobre possíveis alternativas. O envolvimento do corpo social é imprescindível para a tomada de decisão”, disse o representante da Gepes-MT, Pedro Geraldo Cintra que participou do evento de Cuiabá.

A ANABB também abriu espaço para o debate sobre a sustentabilidade da Cassi. No site da Associação, foi criado a página CASSI EM DEBATE, onde são divulgados as propostas sugeridas, o posicionamento da ANABB, do Banco do Brasil, dos dirigentes eleitos da Cassi, dos dirigentes das entidades envolvidas no processo negocial com o Banco, além dos detalhes sobre as reuniões realizadas para debater o tema.

Fonte: Agência ANABB