× Modal
< Voltar


Cassi

Cassi está fora da nova diretoria da Unidas

Apesar de indicar um candidato, a Caixa de Assistência não tem mais representante entre os gestores da Instituição


Em 15.04.2015 às 00:00 Compartilhe:


A União Nacional das Instituições de Autogestão em Saúde (Unidas) elegeu no domingo (12/4) sua nova diretoria, em Brasília, durante Assembleia Geral Ordinária. A Cassi, que havia indicado a presidente da Unidas nos últimos dois mandatos, não participa da nova diretoria daquela instituição.

Durante a Assembleia, foram apresentados também os relatórios de atividades e de prestação de contas pela presidente até então, Denise Eloi, e pelo diretor Administrativo-Financeiro Cleudes Cerqueira de Freitas. Foram eleitos:

Diretoria
Luiz Carlos Saraiva Neves – presidente (Geap)
Aderval Paulo Filho – vice-presidente (Fundação Sanepar)
Maria Aparecida Diogo Braga – diretora de Integração (Postal Saúde)
André Lourenço Corrocher – diretor Administrativo-Financeiro (Abet)
João Paulo dos Reis Neto – diretor Técnico (Capesesp)
Alexandre Lania Gonçalves – diretor de Comunicação (Afresp)
Adriana Pereira Dias – diretora de Treinamento e Desenvolvimento (Petrobras)

Conselho Deliberativo
Alexandre José Lima Sousa (Afrafep)
Aníbal de Oliveira Valença (Unafisco Saúde)
Cleudes Cerqueira de Freitas (Asfeb)
Geraldo Henrique de Oliveira Nogueira(Asfepa)
Hugo Avelino dos Santos Lima (AMMP)
José Gomes Soares (Fundaffemg)
Ocione Marques Mendonça (Camed Saúde)
Omar de Carvalho Gomes Filho (Copass Saúde)
Rafael Parri (Sepaco)
Samuel Albernaz (Celgmed)

Conselho Fiscal
Danielita Pinto de Morais, presidente (Funasa Saúde)
Altemir Feltrin da Silva (Afisvec)
Octacílio de Albuquerque Netto (Afrerj)

A Unidas é uma entidade sem fins lucrativos, criada em 2002 para representar o segmento de autogestão no Brasil, que abrange atualmente um universo de cerca de 5 milhões de beneficiários atendidos por planos de assistência à saúde administrados por cerca de 140 instituições filiadas.

A presidente da Unidas nos últimos dois mandatos foi Denise Elói, funcionária de carreira do Banco do Brasil e indicada pela Cassi. A ANABB foi surpreendida com a informação de que a Cassi não faz mais parte da diretoria da Unidas. Em contato com dirigentes da Caixa de Assistência, fomos informados que a Cassi indicou um novo nome para ocupar a presidência da Unidas, mas que não houve consenso com as demais entidades de autogestão sobre a aceitação da indicação da Cassi.

Como a atuação em conjunto com outras entidades de autogestão, pelo menos em tese, permitia um ganho de força na luta por melhores condições de atendimento aos participantes, incluindo a ocupação de vagas em diversas instâncias estaduais e nacionais que deliberam sobre assuntos relativos à saúde dos trabalhadores, a ANABB ainda não consegue compreender os reais motivos que levaram a Cassi a ficar de fora da nova diretoria da entidade. Também não se sabe ainda qual será a estratégia de atuação da Caixa de Assistência no novo cenário das autogestões  brasileiras.

A Diretoria da ANABB vai continuar buscando informações sobre o assunto e assim que tiver novas notícias dará conhecimento aos seus associados.

Fonte: Agência ANABB