× Modal
< Voltar


ANABB

PLR: Associado nega autoria e signatário da denúncia divulga seu reposicionamento

É importante os associados ficarem atentos a mensagens recebidas


Em 13.04.2015 às 00:00 Compartilhe:


A Diretoria da ANABB se posicionou, em 26 de março, sobre uma matéria mentirosa que foi supostamente produzida pelo ex-diretor da Previ, Sr. Francisco Ferreira Alexandre. O texto afirmava que os atuais gestores da ANABB criticavam o pagamento de PLR para os funcionários cedidos da Cassi e da Previ, mas que pagavam para si próprios PLR na Associação.

Em resposta à acusação, a ANABB divulgou o posicionamento dos atuais dirigentes que renunciaram ao pagamento do PLR logo após assumirem os cargos na Associação. Na mesma mensagem, a Diretoria também esclareceu que não  criticava o recebimento da remuneração pelos dirigentes da Cassi e Previ. O que a ANABB contesta é o pagamento a dirigentes da Previ, com recursos do fundo administrativo, de Bônus de Remuneração Variável criado especificamente para os dirigentes estatutários do BB. E também contesta a falta de um teto de contribuições e benefícios na Previ, permitindo que os dirigentes estatutários do BB se aposentem com rendimentos inflados pelo empilhamento de verbas que não entram no cálculo de benefícios dos demais participantes. Os detalhes dessa manifestação podem ser conferidos no texto divulgado pela ANABB em seu site institucional.

Após o conhecimento da matéria com falsidades, supostamente divulgada pelo ex-diretor da Previ, a ANABB interpelou extrajudicialmente o Sr. Francisco Ferreira Alexandre para que confirmasse ou não a autoria das inverdades divulgadas (veja a notificação extrajudicial feita pela Associação). Em carta enviada à ANABB, no dia 3 de abril, Francisco Alexandre não reconhece o texto divulgado como tendo sido  de sua autoria e pergunta à ANABB  o porquê da suposição de que ele teria sido o autor.

A ANABB, por dever de transparência para com seus associados, informa que a suposição se baseou em outros e-mails recebidos por dirigentes e associados, com o mesmo remetente e com uma suposta assinatura do Sr. Francisco Ferreira Alexandre.

Por fim,  em virtude da resposta com a negativa da autoria, e tendo sido esclarecido, com dados e documentos o caso da PLR na ANABB,  a Associação considera que o caso encontra-se encerrado.

Vale destacar que, nesta data, o mesmo remetente da matéria com a falsa denúncia, que ainda prefere ficar sem se identificar, fez divulgar seu reposicionamento, após os esclarecimentos da ANABB.

É importante alertar aos associados para que desconfiem de mensagens com teor de acusação e que sejam enviadas por meio de endereços eletrônicos desconhecidos.

Fonte: Agência ANABB