× Modal
< Voltar


Assuntos diversos

Lideranças partidárias deverão indicar membros da Comissão

Para que seja instalada, as lideranças partidárias deverão indicar os deputados que comporão o colegiado


Em 30.03.2015 às 00:00 Compartilhe:


Foi criada na última quarta-feira (25/03), na Câmara dos Deputados, uma Comissão Especial destinada a estudar e apresentar propostas com relação à fiscalização das Entidades de Previdência Complementar. Para que seja instalada, as lideranças partidárias deverão indicar os deputados que comporão o colegiado - 26 membros titulares e igual número de suplentes, mais um titular e um suplente, atendendo ao rodízio entre as bancadas não contempladas.

A Comissão, que possui caráter temporário, visa análise do referido tema com mais profundidade do que se fosse debatido em comissões permanentes. Ao final do estudo e análise de propostas sobre a fiscalização dos Fundos de Pensão, o colegiado elaborará um relatório, que em geral é acompanhado de um Projeto de Lei a ser apreciado pela Câmara dos Deputados.

A ANABB está acompanhando o andamento desta Comissão Especial e de outros Projetos de Lei de interesse do funcionalismo do Banco do Brasil.

MEMBROS

Confira o quadro com a quantidade de membros que cada bloco partidário poderá indicar:

TITULARES

SUPLENTES

PMDB/PP/PTB/DEM/PRB/SD/PSC/PHS/PTN/PMN/PRP/
PSDC/PEN/PRTB

11 vagas

11 vagas

PT/PSD/PR/PROS/PCdoB

8 vagas

8 vagas

PSDB/PSB/PPS/PV

6 vagas

6 vagas

PDT

1 vaga

1 vaga

PTC

1 vaga

1 vaga



Fonte: Agencia ANABB