× Modal
< Voltar


Assuntos diversos

Projetos do IVC são inscritos em Prêmios da Espanha

Premiação reconhece pessoas ou instituições que realizaram ações de destaque


Em 03.03.2015 às 00:00 Compartilhe:


O Instituto VIVA CIDADANIA está concorrendo, por meio de dois projetos, a prêmios internacionais, lançados pela Fundação Mapfre, da Espanha. Os projetos inscritos foram o conhecido “Elevador para Piscina”, destinado à pessoas portadoras de deficiências e concretizado pelo Centro de Reabilitação São João Batista (Educandário), de Porto Alegre (RS) e a trajetória de vida profissional do senhor Oswaldo Guilherme Roberto Gebler, grande doador e colaborador do Instituto. Os projetos vencedores receberão como premiação a importância de 30 mil euros, o que equivale, hoje, a cerca de R$ 100 mil.

A Fundação Mapfre é uma instituição sem fins lucrativos, criada em 1975, cujo principal objetivo é contribuir para o bem-estar dos cidadãos e da sociedade e  promove, anualmente, prêmios internacionais como reconhecimento às pessoas ou instituições que realizaram ações excepcionais em benefício da sociedade nos âmbitos científico, cultural e social. O objetivo destes prêmios é reconhecer a pessoas ou instituições que realizaram ações de destaque em benefício da sociedade em campos científicos, culturais e sociais.

Para o presidente do Instituto VIVA CIDADANIA, Douglas Scortegagna, a candidatura aos prêmios é uma prova real da importância do trabalho que o Instituto tem desenvolvido. “A nossa participação nestes prêmios comprova a seriedade e a importância com as quais o Instituto VIVA CIDADANIA tem apoiado projetos voltados à ações sociais e ao desenvolvimento da sociedade. Estamos na torcida para que nossos projetos sejam premiados”, afirma Douglas.

Categorias nas quais o Instituto VIVA CIDADANIA inscreveu projetos:

  • Prêmio para a Melhor Iniciativa de Ação Social - este prêmio tem por objetivo reconhecer os méritos de uma pessoa ou entidade que tenha realizado uma ação social relevante e efetiva em prol das pessoas menos favorecidas.
    Projeto Elevador, destinado à pessoas portadoras de deficiência.
    As crianças e os adolescentes com deficiência física do Educandário São João Batista, Porto Alegre (RS), ganharam um elevador para piscina no ano de 2013. O equipamento facilitará o acesso ao tratamento de pacientes com deficiência física durante a fisioterapia aquática na piscina do educandário. Os exercícios realizados na água favorecem a reabilitação, pois proporcionam menor estresse articular, aumento da circulação e facilidade de movimentação. Ao todo, 58 crianças e adolescentes, entre 3 e 21 anos, serão beneficiadas com o elevador para piscina. O equipamento proporcionará, além do acesso adequado, diminuição do risco de quedas, diminuição do risco de LER/DORT para familiares e terapeutas e aumento do tempo do paciente em terapia. O Educandário São João Batista promove a habilitação e a reabilitação de crianças e adolescentes com deficiência, oferecendo tratamento adequado e educação que proporciona aos participantes melhor qualidade de vida e capacitação como cidadãos. O projeto foi uma iniciativa do Rotary Club Iguatemi, de Porto Alegre e recebeu recursos do Instituto VIVA CIDADANIA para aquisição do equipamento.

  • Prêmio José Manuel Martínez a toda uma Vida Profissional - concedido em reconhecimento a uma pessoa acima dos 70 anos por uma trajetória profissional frutífera e exemplar a serviço da sociedade e das pessoas.
    Oswaldo Guilherme Roberto Gebler, tem 95 anos de idade, completados no dia 18/02/15, e é um daqueles seres humanos raros, que são exemplo de altruísmo, abnegação e pensamento coletivo. Em 2008, ele doou grande parte de seus recursos, conquistados durante uma longa carreira no Banco do Brasil, para que a Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (ANABB) o ajudasse na criação de um projeto que desse esperança e qualidade de vida a pessoas que cumpriram penas em prisões e que estavam de volta à sociedade. Hoje os recursos são administrados pelo Instituto VIVA CIDADANIA e apóiam diversos projetos voltados à ressocialização de pessoas que cumprem penas ou medidas socioeducativas.
     

Fonte: Agência ANABB