× Modal
< Voltar


Assuntos diversos

CARTA AOS CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA E AO POVO BRASILEIRO

CARTA AOS CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA E AO POVO BRASILEIRO


Em 22.10.2014 às 00:00 Compartilhe:


A Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (ANABB), representando, aproximadamente, 100 mil associados, realizou, em setembro de 2014, o Seminário “Repensando Estrategicamente o Banco do Brasil”.

Dos debates realizados com representantes da sociedade, e entre dirigentes da ANABB, consolidou-se o entendimento de que o Banco do Brasil e os demais bancos públicos devem ser instituições financeiras úteis à sociedade, na promoção do desenvolvimento sustentável do País, atuando em todos os segmentos da economia, inclusive nos setores e áreas geográficas onde a presença dos bancos privados se mostra insuficiente.

Para a ANABB, o Banco Central do Brasil deve atuar sintonizado com os mais elevados interesses do País, proporcionando as condições necessárias para o atendimento das demandas financeiras do povo brasileiro e da estabilização da economia.

A ANABB manifesta-se contrária a qualquer tipo de privatização do Banco do Brasil, à transferência de seu capital para estrangeiros, caracterizando sua desnacionalização e distanciamento do papel desempenhado nos seus 206 anos de existência, sempre promovendo o desenvolvimento do Brasil.

A ANABB quer um Banco do Brasil:

• Cada vez mais fortalecido como Banco da nação brasileira e com participação majoritária da União em seu capital.

• Que mantenha tratamento isonômico e respeitoso ao seu quadro funcional.

• Que contribua com políticas de crédito que eliminem ou reduzam os efeitos de crises econômicas internas ou externas, promovendo a inclusão social dos segmentos menos favorecidos.

• Que cada vez mais fortaleça o agronegócio e a agricultura familiar, ampliando a produção de alimentos para os brasileiros e para o mundo.

• Com forte atuação internacional, contribuindo para as exportações, fonte de geração de mais emprego e renda para o País.

• Cada vez mais forte no financiamento das Cooperativas, instrumentos de fortalecimento da economia coletiva e da promoção do desenvolvimento das pessoas.

• Financiando os microempreendedores e as micro e pequenas empresas, responsáveis pela geração da maioria dos postos de trabalho.

Quanto às eleições presidenciais, a ANABB, em respeito à diversidade e à pluralidade de pensamento político dos seus associados, não apoia, institucionalmente, qualquer candidatura.

A ANABB luta por um País com mais oportunidades para todos os brasileiros e mais justiça social. Por tudo isso, defende o fortalecimento do Banco do Brasil e dos demais bancos públicos.

Brasília, 22 de outubro de 2014.

João Botelho
Presidente do Conselho Deliberativo

Fonte: Agência ANABB