× Modal
< Voltar


ANABB

ANABB disponibiliza entrevistas exclusivas com representantes dos candidatos à Presidência do Brasil

Os entrevistados falaram sobre as propostas dos candidatos na área econômica


Em 21.10.2014 às 00:00 Compartilhe:

A ANABB promoveu nesta segunda-feira, 20 de outubro, um importante encontro com representantes dos candidatos à Presidência da República na reta final do segundo turno eleitoral. A Associação realizou entrevistas exclusivas com os economistas Armínio Fraga, representante do presidenciável Aécio Neves (PSDB), e Alessandro Teixeira, representando a candidatura de Dilma Rousseff (PT). O objetivo foi esclarecer o funcionalismo do BB sobre as propostas dos candidatos para os bancos públicos, em especial o Banco do Brasil, mostrando o compromisso de cada um com a instituição financeira e com o desenvolvimento do Brasil.

 

A primeira entrevista aconteceu às 17h desse dia 20/10 com o representante do candidato tucano que foi indicado por Aécio como ministro da Fazenda, caso seja eleito. O segundo encontro ocorreu às 20h com o economista petista que é um dos coordenadores da campanha de Dilma Rousseff. 

As entrevistas foram transmitidas ao vivo pela internet e tiveram excelente repercussão. Foram mais de 1.300 visualizações ao longo dos dois debates. O presidente da ANABB, Sergio Riede, foi o moderador dos encontros e as perguntas aos economistas foram encaminhadas pelos diretores regionais, conselheiros deliberativos e fiscais.

Armínio Fraga disse, por meio de videoconferência, que “não há e nunca houve a ideia de privatizar o Banco do Brasil”. O economista defendeu o BB e a Caixa Econômica, afirmando que “eles atraem o que há de melhor no país, em termos de mão-de-obra, através de seus concursos públicos. Nosso projeto é fortalecer e preservar o Banco do Brasil, a Caixa e todas as instituições públicas financeiras. O que depender de nós, os bancos serão protegidos, estimulados e bem capitalizados”, disse.

Questionado sobre o Banco Central, o economista tucano ressaltou que “o Bacen é peça fundamental na defesa da moeda do país. Ele deve zelar pela estabilidade financeira e trabalhar para uma taxa de juros normal”.

Já o economista Alessandro Teixeira destacou que os bancos públicos são sinônimos de desenvolvimento, crescimento e sustentabilidade. “Sabemos que BB, Caixa e BNDES representam 50% do crédito do país e reduzir essa participação seria reduzir a capacidade de crescimento do Brasil”.

O representante petista também enfatizou que é contra a independência do Banco Central. “As pessoas confundem independência e autonomia. Se o Banco Central se tornar independente seria um quarto poder. Defendemos a autonomia na diretoria do Bacen”, disse Alessandro. 

Cumprindo seu papel de fomentadora do debate nesse importante momento da democracia brasileira, a ANABB disponibiliza os vídeos com as entrevistas realizadas com os representantes dos presidenciáveis.  A entidade acredita que debates como esses são valiosos, pois contribuem para que os eleitores esclareçam dúvidas e tomem decisões. Além disso, quer ter um registro dos compromissos assumidos durante a campanha para ajudar a implementar ideias.

Veja a entrevista com Armínio Fraga (representante de Aécio Neves/PSDB)

Veja a entrevista com Alessandro Teixeira (representante de Dilma Rousseff/PT)


 

Fonte: Agência ANABB