× Modal
< Voltar


Assuntos diversos

O Instituto VIVA CIDADANIA completa um ano de existência

Em seu primeiro ano, o Instituto já aprovou nove projetos, organizados em três programas


Em 04.09.2014 às 00:00 Compartilhe:


No dia 4 de setembro de 2013, foi criada a Associação Brasileira para o Exercício da Plena Cidadania, conhecida como Instituto VIVA CIDADANIA.

Desde então, o Instituto passou a ser o braço da ANABB responsável exclusivamente pelas ações de responsabilidade social, um canal para que famílias carentes sejam beneficiadas com as contribuições recebidas de toda parte do país. Essa nobre causa merece ser parabenizada sempre.

Com um ano de existência, o Instituto herdou a longa experiência que a ANABB tinha na realização de ações relacionadas à promoção social e ao voluntariado. Por 21 anos, essas iniciativas da Associação beneficiaram milhares de famílias e centenas de comitês.

Os projetos apoiados pelo Instituto VIVA CIDADANIA possibilitam combate à desigualdade social, o desenvolvimento educacional e profissional, além da inserção social de crianças, jovens e adultos. As ações também incentivam o empreendedorismo, o voluntariado, a oportunidade social, de emprego e renda.

Para o presidente do Instituto e vice-presidente de Comunicação da ANABB, Douglas Scortegagna, este primeiro ano de existência tem uma representatividade muito grande. “Ficamos muito felizes em ver que o VIVA CIDADANIA está cumprindo com seus objetivos.  Ele surgiu para manter a cidadania sempre viva, principalmente entre os voluntários do BB. Ver pessoas carentes sendo beneficiadas nos dá a certeza que estamos desempenhando o nosso papel”, afirma o presidente do Instituto.

Conheça os 9 projetos, distribuídos em 3 programas, aprovados pelo Instituto em seu primeiro ano:

1. Programa Especial - É voltado para a melhoria da vida de pessoas com algum tipo de deficiência e composto por dois projetos. Atende cerca de 50 pessoas.

  • Superando as Barreiras do Vestibular para os Surdos – Niterói (RJ). Promove melhorias no processo de aprendizagem da língua portuguesa para pessoas surdas, através do ensino bilíngue (português X libras) de reforço e capacitação para a prova do vestibular;
  • Movimentarte – Goiânia (GO). Contribui para uma melhor qualidade de vida das pessoas com deficiência e desenvolve as potencialidades dos jovens através da dança.

2. Programa Liberdade Responsável – Destinado a projetos desenvolvidos para a ressocialização de pessoas de pessoas que cumprem penas ou medidas socioeducativas. É constituído por quatro projetos e atende 310 pessoas.

  • Cidadania – Cursos Profissionalizantes – Sapucaia do Sul (RS). Prepara para o mercado de trabalho adolescentes e jovens em situação de risco social para reintegrá-los à sociedade, através de cursos profissionalizantes;
  • Superando as Barreiras do Vestibular para os Surdos – Niterói (RJ). Promove melhorias no processo de aprendizagem da língua portuguesa para 30 pessoas surdas, através do ensino bilíngue (português X libras) de reforço e capacitação para a prova do vestibular;
  • Aprendizagem – Formação Técnico-Profissional para Adolescente e Jovens – Maringá (PR).  Oportuniza, ao adolescente aprendiz, o acesso ao curso técnico profissional;
  • A Arte Musical na Reinserção Social – Cascavel (PR).  Promove a reinserção social de alunos e conscientiza-os que a música aliada a outros instrumentos e mecanismos permitirá reinseri-los na sociedade.

3. Programa Livre – Atende aos demais projetos não previstos acima e é constituído por três projetos e atende cerca de mil pessoas.

  • Viva a Vida com Saúde - Araçuaí (MG) – dirigido famílias carentes;
    Transporte para Paciente - Montes Claros (MG). Apoio para aquisição de um veículo para transporte de pacientes carentes, portadores de câncer, da sede da entidade para o hospital ou vice-versa para auxiliá-los no tratamento;
  • Biblioteca Comunitária Carolina de Jesus – Cultura e Cidadania na perspectiva de uma vida social de paz - Rio de Janeiro (RJ). Objetiva concluir obra de construção para inaugurar a Biblioteca Carolina de Jesus e com isso ampliar a segurança e a educação de crianças e jovens com alto índice de risco social.

Saiba mais sobre o Instituto VIVA CIDADANIA e veja como pode participar e fazer sua contribuição no site do Instituto 

Fonte: Agência ANABB