× Modal
< Voltar


ANABB

ANABB nas eleições da Previ 2014. Veja o posicionamento da Diretoria Executiva

Veja o posicionamento da entidade sobre o não apoio as chapas


Em 08.05.2014 às 00:00 Compartilhe:

 

A Diretoria Executiva da ANABB encaminhou em 06/02/2014, ao Conselho Deliberativo, proposta de participação da Associação nas eleições da Cassi e da Previ. O projeto incluía debates com todos os candidatos às diretorias das duas entidades, bem como a edição de um jornal especial sobre as eleições, divulgando currículos, entrevistas com perguntas de interesse dos associados e debates entre os candidatos.

Após duas consultas epistolares deflagradas pelo presidente do Conselho Deliberativo, João Botelho, foi aprovada proposta que ressarce despesas de campanha de todas as chapas, em igualdade de condições.

 

Ficou esclarecido e amplamente divulgado, desta forma, que a ANABB, não apoiaria, institucionalmente, qualquer chapa nas eleições da Cassi e da Previ. No jornal Ação nº 224, produzimos matéria em que foram divulgadas todas as chapas inscritas para os pleitos da Cassi e da Previ, destinando espaço exatamente igual para cada uma delas.

Em respeito à Constituição Federal, salientamos que as pessoas físicas dos dirigentes da Associação estão liberadas para se candidatar ou apoiar a chapa que julgar mais adequada. Como muitos deles, em função da pluralidade de ideias, se candidataram à Cassi ou à Previ, pelas mais diversas chapas, a ANABB também elaborou matéria esclarecendo quais integrantes da Diretoria Executiva, Conselho Deliberativo, Conselho Fiscal, Diretorias Regionais e Grupos de Assessoramento Temático se apresentaram como candidatos. O objetivo principal da matéria foi dar transparência às diversas escolhas das pessoas ligadas à ANABB, atestando mais uma vez que a Associação não apoiava chapa específica.

Além dos candidatos regularmente inscritos nos dois pleitos, diversos conselheiros deliberativos e fiscais da ANABB e integrantes da Diretoria Executiva ou de Diretorias Regionais manifestaram publicamente seus apoios pessoais à chapa de sua preferência.

Nas eleições da Previ, ora em curso , há candidatos ligados à ANABB nas quatro chapas. Todas elas contam com o apoio pessoal de algum conselheiro deliberativo ou integrante da Diretoria Executiva. Por isso, a Associação reitera que as notícias veiculadas na internet que afirmam que a simples presença do apoio de um dirigente da ANABB representa automaticamente o apoio da Entidade à respectiva chapa, não têm o menor respaldo na realidade. Se esse raciocínio fosse válido, deveria ser aplicado para todos os dirigentes que apoiam ou se candidatam em todas as chapas.

POSICIONAMENTO DA ANABB
Tomamos conhecimento que questões relativas ao Caso Seguros da ANABB estão sendo utilizadas na campanha da Previ. A Associação, mais uma vez, esclarece que tudo que pode ser dito até o momento sobre o Caso Seguros está publicado em nosso site oficial.

A ANABB é cautelosa na condução do assunto, proporcionando aos denunciados amplo direito de defesa. Os trabalhos da Comissão de Ética estão em andamento e ainda não há conclusões sobre o assunto. Qualquer afirmação feita fora do que a ANABB divulgou oficialmente é mera especulação, sem qualquer endosso desta Associação e a responsabilidade pelas eventuais afirmações cabe a seus autores.

REPÚDIO
A ANABB repudia, veementemente, a prática de campanha com ataques pessoais a quem quer que seja e apela ao bom senso de todos os candidatos para que concentrem seus esforços em convencer os eleitores por suas propostas, para o bem de todos os associados da Previ.

Os problemas que afligem os associados de nossas entidades não merecem ser confundidos com informações que não dizem respeito aos seus legítimos anseios junto à entidades como Previ, Cassi.

A ANABB deseja que os que vierem a ser eleitos, sejam de que chapa for, tenham a responsabilidade de conduzir seus mandatos sob o mais alto nível de comprometimento e focados na solução dos problemas que afligem seus associados. E que não são poucos.

Boa eleição a todos.

Diretoria Executiva

Fonte: Agência ANABB