× Modal
< Voltar


ANABB

Conselheiros definem participação da ANABB nas eleições Cassi e Previ em 2014

O Conselho aprovou o tema por meio de consulta espistolar


Em 12.03.2014 às 00:00 Compartilhe:

 

O Conselho Deliberativo da ANABB aprovou, por meio de consulta epistolar, a forma da participação da Associação nas eleições da Cassi e da Previ em 2014.

 

Na primeira Consulta Epistolar (001/2014) os conselheiros não aprovaram a sugestão de abrir espaços iguais para todas as chapas concorrentes nos dois processos eleitorais nos mesmos moldes adotados em 2012.  Isso incluiria entrevistas com os candidatos à diretoria das duas instituições e a edição de um jornal comum a todas as chapas, com perguntas elaboradas pela ANABB, bem como debate transmitido ao vivo pela internet, com perguntas elaboradas pelos associados.

Diante disso, o presidente do Conselho Deliberativo, João Botelho, solicitou aos conselheiros que formulassem propostas para definir a alternativa a ser adotada pela Associação. Foram apresentadas três propostas:

  1. o conselheiro Cláudio Lahorgue sugeriu “manter o estabelecido no Planejamento Estratégico da ANABB e no orçamento da entidade para 2014, destinando a cada uma das chapas concorrentes verba de igual valor, com a finalidade específica de auxiliar na divulgação de propaganda própria, mediante solicitação e condicionada a comprovação da despesa efetivamente efetuada”;
  2. o Conselheiro Gilberto  Santiago sugeriu  “tratamento idêntico para as eleições da Cassi e Previ, com despesas da ANABB, dentro do orçamento já aprovado para 2014. Gravar  entrevistas com todos os candidatos a diretor, disponibilizando-as no site da ANABB de forma permanente, com as mesmas perguntas. Esse conteúdo será também disponibilizado por e-mail a todos os associados. Cada chapa elaborará um jornal de até 8 páginas, com texto e diagramação de sua responsabilidade, a ser distribuído aos associados da Cassi e da Previ, todos colocados em um mesmo envelope. Realizar ainda um debate ao vivo entre candidatos a diretor, na Cassi e na Previ, permitindo visualização a todos no site da ANABB”;
  3. a Conselheira Isa Musa sugeriu que “a ANABB não participe de forma alguma nesses pleitos”.

Dadas as sugestões apresentadas, o resultado da votação foi o seguinte:

O presidente do Conselho Deliberativo, João Botelho, registrou voto de abstenção por considerar-se juiz do processo.

Os conselheiros José Branisso e Ilma Peres Causanilhas Rodrigues apresentaram questões de ordem, que não foram acolhidas, e tiveram os votos considerados como abstenção pelo Presidente do Conselho.

O Sr. Botelho convocou reuniões Ordinária e Extraordinária do Conselho para o  dia 24 de março, quando deverão ser apreciadas as contas de 2013, na reunião ordinária, e debatidas e aprovadas as regras para efetivação da proposta vencedora, na reunião extraordinária.


 

Fonte: Agência ANABB