× Modal
< Voltar


Assuntos diversos

Governo divulga reajuste de 5,56% nos benefícios pagos pelo INSS

Veja como fica o reajuste dos aposentados pela Previ


Em 13.01.2014 às 00:00 Compartilhe:


Portaria do Ministério da Previdência Social e do Ministério da Fazenda publicada nesta segunda-feira, 13 de janeiro, no Diário Oficial da União reajusta em 5,56% os benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para aposentados e pensionistas que recebem acima do salário mínimo.

O valor se refere ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), divulgado na última sexta-feira (10/01) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No ano passado, o reajuste foi 6,2%.

De acordo com a publicação, a partir de 1º de janeiro de 2014 os benefícios pagos pelo INSS não poderão ser inferiores a R$ 724 nem superiores a R$ 4.390.

O Ministério da Previdência Social informou que dos 30 milhões de benefícios, 9,5 milhões estão acima do piso previdenciário e representarão impacto líquido de R$ 8,7 bilhões. Já o reajuste do salário mínimo que atinge 20,8 milhões de benefícios previdenciários e assistenciais representará impacto líquido de R$ 9,2 bilhões.

Aposentados pela Previ

Para os aposentados até dezembro/1997, ou seja, os que tiveram COMPLEMENTAÇÃO DE APOSENTADORIA pela Previ, o reajuste do benefício global será de 5,56%.

Para os aposentados a partir de janeiro/1998, ou seja, os que passaram a ter SUPLEMENTAÇÃO DE APOSENTADORIA pela Previ, o reajuste do benefício global será da seguinte forma:

a) 5,56% sobre o suplemento da Previ;

b) 5,56% sobre o valor do INSS caso esse seja superior ao salário mínimo (R$ 628,00); ou 6,2% sobre o valor do INSS, caso esse seja igual ao salário mínimo (R$ 628,00).

Fonte: Agência Brasil/ANABB