× Modal
< Voltar


Assuntos diversos

O caso Seguros

O caso Seguros


Em 28.10.2013 às 00:00 Compartilhe:


Em 2010, a ANABB rompeu, unilateralmente, o contrato seguros que tinha com a Icatu Hartford Seguros S.A., substituindo-a pela Tokio Marine Seguradora S.A..

Em 19 de março de 2011, o sócio-diretor da Guard Administração e Corretora de Seguros Ltda., Jadir Gomes da Silva, apresentou, a cada um dos Diretores, Conselheiros Deliberativos e Conselheiros Fiscais da ANABB, denúncia contra o presidente do Conselho Deliberativo da ANABB e ex-presidente da Entidade Valmir Marques Camilo anexando documentos supostamente comprobatórios das denúncias que fazia.

Em maio de 2011, a ANABB, mais uma vez, rompeu unilateralmente seu contrato de seguros, desta vez com a Tokio Marine Seguradora S.A. e com a corretora Guard Administração e Corretora de Seguros Ltda., recontratando a Icatu Seguros S.A. (nova razão social da antiga Icatu Hartford), e transferindo o contrato de prestação de serviço de agenciamento e corretagem da corretora Guard para a Just Life Corretora e Administradora de Seguros Ltda., empresa da qual o ex-presidente da Entidade e ex-presidente do Conselho Deliberativo da ANABB Valmir Marques Camilo é sócio juntamente com seus filhos.

Durante todo o ano de 2011 diversas notícias circularam nas redes sociais sobre o assunto.

Diretores da ANABB divergiram de decisões e as divergências culminaram com a destituição da então vice-presidente Elaine Michel e a renúncia do vice-presidente Douglas Scortegagna, que questionaram os termos e condições dos contratos.

Conselheiros Deliberativos pediram, por duas vezes, a instauração de Comissão de Ética para apurar as denúncias e, nas duas vezes a maioria do Conselho rejeitou a proposta.

O Conselho Fiscal, além de receber as denúncias e ser demandado pelo Conselho Deliberativo para falar sobre o assunto, concluiu que as denúncias formalizadas por Jadir Gomes da Silva referiam-se, prioritariamente, a fatos ocorridos fora da ANABB, motivo pelo qual a apuração extrapolaria a competência daquele Conselho.

A nova Diretoria Executiva da ANABB tomou posse em 13 de janeiro de 2012 e, empossada há apenas uma semana, recebeu citação para defender a ANABB em processo judicial que lhe movia a Guard Administração e Corretora de Seguros Ltda., antiga corretora dos seguros da ANABB.

A atual Diretoria Executiva iniciou processo de busca de informações para compreender as causas desse ajuizamento e melhor defender os interesses da ANABB e de seus associados.

Em 6 de março de 2012, a Diretoria Executiva da ANABB, decidiu determinar aos vice-presidentes Fernando Amaral e Emílio Rodrigues que elaborassem levantamento de fatos e documentos que envolviam a questão dos Seguros ANABB, e os apresentassem em forma de relatório.

No dia 13 de março de 2012, uma semana após escolhido para a tarefa, o vice-presidente Emílio Rodrigues renunciou ao cargo e a Diretoria Executiva, em reunião de 15 de março de 2012, optou por concentrar no vice-presidente Fernando Amaral a tarefa de elaborar o relatório.

O relatório foi concluído e entregue à Diretoria Executiva no dia 1º de outubro de 2013.

Fonte: Agência ANABB