× Modal
< Voltar


Assuntos diversos

BB inaugura autoatendimento movido a energia solar

Um dos objetivos do projeto é contribuir para a preservação do meio ambiente


Em 10.04.2013 às 00:00 Compartilhe:


O Banco do Brasil em parceria com a Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia(UFBA) inaugurou o primeiro equipamento de autoatendimento movido a energia solar do país. Um dos objetivos do projeto é contribuir para a preservação do meio ambiente. O quiosque solar é um projeto piloto, que permite a redução do consumo de energia elétrica, bem como a presença desse serviço do banco, em locais sem energia.

O projeto instalado no campus da Universidade é baseado na tecnologia “on grid”, que ao contrário do sistema convencional, não utiliza baterias para armazenar a energia excedente gerada, o que diminui o investimento inicial, custos de manutenção e reposição, além de eliminar a utilização de substâncias poluentes ao meio ambiente.

O quiosque autossustentável prevê que o excedente de energia gerada seja repassado para a concessionária e, posteriormente, convertido em créditos para o banco.  A expectativa é de que anualmente sejam gerados 7.021 KW/h enquanto o consumo está estimado em 6.935 KWh/ano. A tecnologia foi desenvolvida pelo engenheiro eletricista Márcio Queiroz.

O diretor de distribuição do Banco do Brasil, José Carlos Reis da Silva, destacou a capacidade de expansão do número de postos. “Temos 45 mil terminais distribuídos pelo país e assumimos o compromisso de investir em infraestrutura que possibilite o aumento das unidades sustentáveis, permitindo não apenas a redução do consumo de energia elétrica, mas também a presença desse serviço do banco, em locais sem energia”, afirma o diretor do BB.

Para o vice-reitor em exercício da UFBA, Luís Rogério Bastos Leal, é importante a parceria para a busca de novas tecnologias, assim como a crescente necessidade de geração de energia alternativa para o país. “A escola Politécnica é um campo favorável para a inovação voltada para o desenvolvimento do país. Ideias inovadoras são transformadas em realidade contribuindo com soluções para problemas urgentes, como é o caso da atual crise energética mundial”, enfatizou Leal.

Fonte: Agência ANABB, com informações da UFBA