× Modal
< Voltar


Assuntos diversos

Venda de títulos públicos pela internet despenca

Após recorde em janeiro, negociação em fevereiro caiu 63%, a R$ 236,1 milhões


Em 18.03.2013 às 00:00 Compartilhe:


Depois de bater recorde em janeiro, a venda de títulos públicos pela internet despencou em fevereiro. Segundo balanço divulgado na sexta pelo Tesouro Nacional, os investidores cadastrados no Programa Tesouro Direto adquiriram R$ 236,1 milhões no mês passado. O valor é 63% inferior aos R$ 630,6 milhões em janeiro e 18% menor que em fevereiro de 2012.

A queda no volume de vendas era esperada em fevereiro porque janeiro costuma ser marcado pelo forte volume de trocas de papéis. Os papéis corrigidos pelo IPCA foram os mais procurados em fevererio, com 66,3% do valor vendido. Em seguida, vieram os títulos prefixados, cuja fatia atingiu 22,3%. Os papéis vinculados à Selic corresponderam a 11,4% das vendas.

O número total de investidores cadastrados no programa alcançou 338.327, o que representa incremento de 17,8% nos últimos 12meses. Somente em fevereiro, 4.042 participantes aderiram ao Tesouro Direto. Os investimentos de menor valor continuaram a liderar a preferência dos aplicadores. As vendas abaixo de R$ 5 mil concentraram 65% do volume no mês.

Apesar da queda, o estoque de títulos aplicados no Tesouro Direto subiu 1,1% em fevereiro, de R$ 9,31 bilhões para R$ 9,41 bilhões. Isso ocorreu porque, o Tesouro resgatou R$ 253,7 milhões.

Desse total, R$ 232,6 milhões foram recomprados de investidores e R$ 21,2 milhões venceram.

Fonte: Brasil Econômico