× Modal
< Voltar


Assuntos diversos

Como surgiu o Horário de Verão

Até o dia 17 de fevereiro de 2013, os relógios serão adiantados em uma hora nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e o estado do Tocantins


Em 23.10.2012 às 00:00 Compartilhe:


Proporcionar uma economia de energia nos horários de maior consumo é o objetivo do horário de verão. Até o dia 17 de fevereiro de 2013, os relógios serão adiantados em uma hora nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e o estado do Tocantins. Neste período do ano, os dias são mais longos e as noites, mais curtas. Assim, a mudança no horário reduz o consumo em cerca de 5% e a economia pode chegar a R$ 280 milhões.

A Hora do Verão, como era chamada na época, foi estabelecida em 1931 por Getúlio Vargas. O presidente se inspirou numa ideia surgida na Inglaterra duas décadas antes e estipulou que todos os relógios, de todas as regiões, fossem adiantados em uma hora até março do ano seguinte. Na época, a medida causou grande confusão na população, mas, aos poucos, as pessoas foram se acostumando. Desde então, o horário de verão só deixou de entrar em vigor durante o regime militar, entre os anos 1968 e 1985.

Em 1993, o prefeito César Maia resolveu que o Horário de Verão deveria continuar durante todo o ano no Rio de Janeiro. A justificativa seria que quanto mais sol, mais a economia da cidade cresceria, pois as praias teriam mais banhistas consumindo. No entanto, a medida não durou muito tempo. Com horários diferentes dos órgãos federais, os funcionários municipais e a população sentiram os efeitos e o então presidente da República, Itamar Franco, pediu que a medida fosse cancelada. O Horário de Verão passou a ter data para começar e terminar. Vai do terceiro domingo de outubro ao terceiro domingo de fevereiro.

Fonte: Agência ANABB