× Modal
< Voltar


Assuntos diversos

Mais de 5 mil agências fechadas no primeiro dia da greve

Esse número representa 23,6% das agências bancárias do país


Em 19.09.2012 às 00:00 Compartilhe:


Os bancários fecharam pelo menos 5.132 agências e centros administrativos de bancos públicos e privados em 26 estados e no Distrito Federal nessa terça-feira (18/09).  Esse número representa 23,6% das agências bancárias do país. O balanço foi feito pela Contraf-CUT, com base nos dados enviados pelos 137 sindicatos que integram o Comando Nacional dos Bancários. Segundo a Contraf-CUT, os dados do primeiro dia mostram que a paralisação começou mais forte que a do ano passado, quando 4.191 agências foram paralisadas.

Os bancários aprovaram a greve por tempo indeterminado nas assembléias realizadas em todo o país, no dia 12 de setembro, depois de cinco rodadas duplas de negociação com a Fenaban. Os bancos apresentaram uma proposta de 6% de reajuste, mas o índice foi considerado insuficiente pelo Comando Nacional.

Confira as principais reivindicações dos bancários:

● Reajuste salarial de 10,25% (aumento real de 5%).
● Piso salarial de R$ 2.416,38.
● PLR de três salários mais R$ 4.961,25 fixos.
● Plano de Cargos e Salários para todos os bancários.
● Elevação para R$ 622 os valores do auxílio-refeição, da cesta-alimentação, do auxílio-creche/babá e da 13ª cesta-alimentação, além da criação do 13º auxílio-refeição.
● Mais contratações, proteção contra demissões imotivadas e fim da rotatividade.
● Fim das metas abusivas e combate ao assédio moral
● Mais segurança
● Igualdade de oportunidades.

Fonte: Contraf-Cut