× Modal
< Voltar


Assuntos diversos

Bancários decidem entrar em greve a partir da terça-feira (18/09)

O Comando Nacional dos Bancários considerou a proposta dos bancos insuficiente, pois representa um ganho real de 0,58%


Em 13.09.2012 às 00:00 Compartilhe:


Reunidos em assembleia na noite desta quarta-feira (12/09), em várias capitais brasileiras, os bancários decidiram entrar em greve por tempo indeterminado, a partir da terça-feira (18/09). A categoria rejeitou a proposta da Fenaban de reajuste de 6% sobre todas as verbas salariais. Os bancários reivindicam percentual de 10,25% de aumento, com ganho real de 5%.

O Comando Nacional dos Bancários, coordenado pela Contraf-CUT, considerou a proposta dos bancos insuficiente, pois representa um ganho real de 0,58%,  menor que o índice da quase totalidade dos acordos feitos por outras categorias no primeiro semestre deste ano, que obtiveram ganhos superiores a 5% acima da inflação.

Novas assembleias serão realizadas na segunda-feira (17) para organizar o movimento grevista.

Confira as principais reivindicações dos bancários

● Reajuste salarial de 10,25% (aumento real de 5%).
● Piso salarial de R$ 2.416,38.
● PLR de três salários mais R$ 4.961,25 fixos.
● Plano de Cargos e Salários para todos os bancários.
● Elevação para R$ 622 os valores do auxílio-refeição, da cesta-alimentação, do auxílio-creche/babá e da 13ª cesta-alimentação, além da criação do 13º auxílio-refeição.
● Mais contratações, proteção contra demissões imotivadas e fim da rotatividade.
● Fim das metas abusivas e combate ao assédio moral
● Mais segurança
● Igualdade de oportunidades.

Fonte: Agência ANABB, com informações da Contraf-CUT