× Modal
< Voltar


Cassi

Diretoria da Cassi propõe valorização das consultas

A ANABB apoia o projeto para a melhoria dos serviços prestados pela Cassi


Em 10.06.2011 às 00:00 Compartilhe:

Mesmo com aproximadamente 39 mil prestadores credenciados, a Cassi não assegura facilidade para marcação de consultas. Além da dificuldade para credenciar algumas especialidades que desapareceram do rol de todos os planos de saúde e são vitais para uma boa cobertura assistencial (pediatras, endocrinologistas, reumatologistas e psiquiatras), existe também a dificuldade de conseguir horários de atendimento e reter no convênio os poucos médicos residentes no interior do país.

 

Diante da dificuldade de marcação de consultas tempestivas, os participantes procuram as emergências de hospitais, que estimulam e facilitam a auto-geração de procedimentos e não garante nem solução, nem qualidade de atendimento.

Nesse contexto, a Diretora de Planos de Saúde da Cassi e conselheira deliberativa da ANABB, Denise Lopes Vianna encaminhou para aprovação no Conselho Deliberativo da Cassi, uma política de valorização da consulta, respeitando os recursos e as receitas existentes.

A ANABB apoia o projeto e aguarda sua aprovação pelas instâncias competentes, com o fim especial da melhoria dos serviços prestados pela Cassi.

Fonte: Agência ANABB