× Modal
< Voltar


Assuntos diversos

Aposentados terão desconto menor do IR no benefício

Na prática, eles passarão a ter rendimento líquido maior do benefício


Em 02.05.2011 às 00:00 Compartilhe:


Os aposentados e pensionistas que têm desconto automático do Imposto de Renda no benefício pago pela Previdência Social passarão a ter um corte menor a partir deste mês. Na prática, eles passarão a ter rendimento líquido maior do benefício.

O aumento ocorre devido à correção tardia de 4,5% na tabela do IR usada sobre os rendimentos deste ano -e que servirá para a declaração de 2011. O governo só corrigiu a tabela após pressão. Por isso, os primeiros pagamentos do ano foram feitos usando a tabela antiga, de 2010, mesmo após a correção do valor dos benefícios, em janeiro.

O teto da isenção também foi alterado, de R$ 1.499,15 para R$ 1.566,61. Logo, todos os segurados que tinham desconto -aqueles que recebem a partir de R$ 1.499,16- terão desconto menor. A maior diferença no desconto -ou seja, o que os beneficiários irão pagar a menos- será de R$ 22,75, para os beneficiários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que recebem entre R$ 3.130,51 e R$ 3.689,66 (o teto previdenciário), e têm menos de 65 anos de idade.

Um segurado de 60 anos que recebe R$ 3.200, por exemplo, tinha desconto de R$ 214,38 referentes ao IR até o pagamento de abril. A partir deste mês, o desconto para ele será de R$ 191,63. Com a correção da tabela do IR, houve aumento na parcela dedutível do imposto, o que gera essa diferença. A parcela a deduzir desse segurado, que era de R$ 505,62, passou para R$ 528,37.

Para os aposentados que têm mais de 65 anos, a faixa de isenção do IR passou de até R$ 2.998,30 para até R$ 3.133,22. Como esses segurados têm direito a uma isenção maior, a diferença no desconto será menor. Eles receberão, líquidos, até R$ 10,12 a mais por mês.

Fonte: Folha de S.Paulo