× Modal
< Voltar


Assuntos diversos

Previ apresenta resultados de 2010 em Brasília

A próxima apresentação será no dia 6/4 para os participantes de São Paulo


Em 04.04.2011 às 00:00 Compartilhe:


A Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (Previ) apresentou nesta segunda-feira (4/4) os resultados do exercício de 2010 aos participantes do Previ Futuro e Plano 1 do Distrito Federal. A próxima apresentação será no dia 6/4 para os participantes de São Paulo. Os dados do balanço da Previ foram divulgados em 21 de março, no Rio de Janeiro.

Os dirigentes do fundo de pensão deram destaque ao desempenho da instituição que passou a ocupar a 25ª colocação entre os maiores fundos de previdência complementar no mundo, permanecendo ainda como o maior da América Latina. Além disso, os dois planos tiveram crescimento no patrimônio (R$ 150 bilhões de ativos no Plano 1, crescimento de 7% ante o total apresentado em 2009; e R$ 2 bilhões do Previ Futuro). A rentabilidade das aplicações financeiras dos dois planos também ficaram acima do previsto para o período: Plano 1 – 12,37% (acima da meta atuarial de 12,23%); e plano Previ Futuro – 9,30%.

Outro ponto destacado foi o saldo positivo do superávit acumulado no exercício de 2010 do Plano 1, encerrando o ano com mais de R$ 26 bilhões em Reserva Especial e de Contingência, já contabilizados os R$ 15 bilhões da Reserva Especial que foram destinados à redistribuição do superávit (R$ 7,5 bilhões para os participantes – o que beneficiou 85 mil aposentados e 33 mil da ativa; e R$ 7,5 bilhões para o patrocinador Banco do Brasil).

O diretor de Seguridade, José Ricardo Sasseron, lembrou que o acordo de distribuição da Reserva Especial, fechado no final de 2010, foi referente ao período de 2007 a 2009 (acumulado) e que uma próxima redistribuição será discutida ao se verificar saldo positivo da Reserva Especial, acumulado nos períodos de 2010 a 2112, superando os 25% do valor das reservas matemáticas (como determina o Regulamento do plano).

Quanto às propostas que ficaram de fora do acordo fechado em 2010, uma nova negociação será iniciada nesta segunda (4/4), entre o Banco do Brasil, a Previ e entidades representativas do funcionalismo, entre elas a ANABB, para avaliar e adotar possíveis alterações no regulamento do Plano de Benefícios 1 da Previ.

Fonte: Agência ANABB