× Modal
< Voltar


ANABB

Ação On-Line 222

Secretária de Previdência Complementar é afastada


Em 26.06.2001 às 00:00 Compartilhe:

A polêmica trajetória de Solange Paiva Vieira chega ao fim

O ministro da Previdência, Roberto Brant, decidiu hoje - finalmente - dar um basta nos desmandos da secretária de Previdência Complementar, Solange Paiva Vieira e afastá-la do cargo. A exoneração será publicada no "Diário Oficial da União'' de amanhã. A crise entre Brant e Solange foi agravada pela insistência da secretária em revelar os nomes de fundos deficitários. Representantes de fundos de pensão afirmam que a divulgação do déficit atuarial de R$ 16,3 bilhões, em 91 dos 360 fundos de pensão do País, tornou insustentável as relações entre as entidades e a secretária.

Por causa das declarações irresponsáveis de Solange, ANABB entrou, no início de maio, com representação no Ministério Público contra a Secretária de Previdência Complementar por crime de improbidade administrativa e contra o Sistema Financeiro Nacional. O procurador Luiz Francisco afirmou que vai requisitar à Polícia Federal, abertura de inquérito para apurar a conduta e as circunstâncias das declarações da secretária. Solange Paiva foi também co-responsável pelo prejuízo de mais de meio bilhão de reais aos participantes da Previ, fruto da nomeação de diretor fiscal para implantação da paridade no fundo. Para impedir que as decisões do interventor fossem implementadas, a ANABB ingressou com mandado de segurança com pedido de liminar.

Fontes do Ministério da Previdência revelam, ainda, que Solange Paiva estava "bancando a ministra" e negava-se a reportar suas decisões a Brant. Negava-se também a seguir a orientação do ministro e a dialogar com os representantes dos fundos de pensão. O secretário-adjunto da pasta, José Roberto Savóia, assume interinamente o cargo.

Fonte: Agência ANABB