× Modal
< Voltar


Banco do Brasil

Bancos: Antecipação de horário em debate

A Federação Brasileira de Associações de Bancos (Febraban) discutiu, em reunião realizada na sexta-feira, 18, a antecipação do horário de funcionamento bancário.


Em 21.05.2001 às 00:00 Compartilhe:

A Federação Brasileira de Associações de Bancos (Febraban) discutiu, em reunião realizada na sexta-feira, 18, a antecipação do horário de funcionamento bancário. A proposta é antecipar em 2 horas o atendimento das agências (de 8 às 14 h). Pelas normas do Banco Central os bancos têm liberdade para definir o horário de funcionamento contanto que as agências fiquem abertas ao público por 5 horas. Mas devido o racionamento esse tempo pode ser negociado. Foi mostrada, na reunião, uma estimativa de economia da ordem de 24% a 27% de quilowatt/hora do consumo para as cerca de 16 mil agências bancárias.

A Febraban distribuiu, ainda, nota feita pelo seu Grupo de Trabalho Energia avaliando o conjunto de medidas já adotadas pelos bancos, tais como, ligar o mínimo possível os aparelhos de ar condicionado; reduzir o consumo com a iluminação, elevadores (fora do horário de pico) e utilização de geradores.

O BB vem comprovando, desde 93, a eficácia dessas medidas com o programa de combate ao desperdício de energia. Até hoje a economia foi de 13,6% do consumo, cálculo ponderado pelas modernizações e novos equipamentos introduzidos pela instituição com seu programa de investimentos em racionalização do uso da energia elétrica, de R$ 50 milhões empenhado em 1998.

Os aparelhos de ar condicionado nos prédios do BB ficam ligados das 9 h às 17 h, desde o dia 4 passado. O sistema de iluminação, das 7h30 às 19 horas. Metade dos elevadores ficam desligados fora do horário de pico e os luminosos e totens, que já estavam sendo apagados mais cedo, desde ontem não estão sendo mais acesos.

Fonte: Agência ANABB