× Modal
< Voltar


Coronavírus

Santa Clara alimenta famílias da Cidade Estrutural (DF) na pandemia

Associação mantém creche para atendimento de crianças dos 2 aos 5 anos e presta assistência social, à saúde e educativa a elas e seus familiares


Em 22.07.2020 às 15:11 Compartilhe:

A Associação Cristã Santa Clara desenvolve um intenso trabalho social voltado às famílias em situação de extrema pobreza na Cidade Estrutural, especialmente no Setor Santa Luzia, próximo ao antigo aterro sanitário de Brasília.

A região possui um dos piores Índices de Desenvolvimento Humano (IDHs) do Distrito Federal. Em geral, a comunidade obtém renda do reaproveitamento de materiais recicláveis e de atividades do trabalho informal. O lixão foi desativado em janeiro de 2018 e, desde então, recebe material seco e rejeitos da construção civil recolhidos no DF.

A principal atividade desenvolvida pela Associação Santa Clara é a manutenção de uma creche para o acolhimento de 108 crianças dos dois aos cinco anos de idade, que recebem no local cinco refeições diárias, uniformes e materiais pedagógicos. Também recebem assistência à saúde, por meio do acompanhamento de médicos, psicólogos e dentistas voluntários.

O atendimento em saúde, incluindo orientações nutricionais, é estendido também às famílias das crianças. Além disso, a associação disponibiliza assistência jurídica, ações culturais e esportivas e cursos e oficinas profissionalizantes aos familiares das crianças acolhidas e à comunidade.

A Associação Santa Clara mantém uma capela/centro social no Setor Santa Luzia, local em que realiza as atividades junto à comunidade. A estrutura conta com oito salas de aula, salas multiuso e administrativas, cozinha com câmara fria, refeitório, consultórios médico e odontológico, espaço de playground e depósitos. São mais de 1.500 metros quadrados de área construída.

Devido à pandemia do novo coronavírus, que afetou de forma drástica as famílias da comunidade, causando sérios impactos econômicos e sociais, a Associação Santa Clara e a Área Pastoral Jesus Bom Pastor realizaram uma parceria para prestar atendimento às pessoas mais vulneráveis. Foram cadastradas 893 famílias com necessidade urgente de alimentação, produtos de higiene pessoal e materiais de limpeza.

Em ação solidária às famílias mais necessitadas, o Instituto Viva Cidadania (IVC), com o apoio da ANABB, realizou o repasse de 100 cestas básicas, que já foram entregues à comunidade. Entretanto, as dificuldades persistem e novas ações são necessárias em auxílio a essas pessoas.

“Doações como esta auxiliam a diminuir os impactos socioeconômicos na comunidade, além de formar uma rede de apoio para aqueles que mais precisam”, destaca Carolina de Albuquerque, assistente social da Associação Santa Clara.

“A doação de alimentos para esta comunidade é de extrema importância, sobretudo neste período da quarentena, em que uma parcela significativa dos moradores viu sendo comprometida sua fonte de renda, considerando que o emprego informal é a forma mais comum de trabalho na região”, complementa ela.

A Associação Santa Clara desenvolve o trabalho social a partir do apoio e da colaboração da população solidária. É possível obter orientações sobre como doar alimentos e produtos de higiene às famílias em vulnerabilidade pelo telefone (61) 9 8384 0014 e pelo e-mail acsantaclara2017@gmail.com.

Também é possível ajudar doando qualquer valor para a conta:

Razão social: Associação Cristã Santa Clara

CNPJ: 22.655.979/0001-79

Banco 001 - Banco do Brasil

Agência: 3085-6

Conta: 65.962-2

Colabore com a missão da Associação Cristã Santa Clara de promover a valorização e a dignidade humana. Ajude a modificar a dura realidade enfrentada pelas famílias do Setor Santa Luzia. A sua participação faz toda a diferença!

Veja mais na galeria

1 de 8
Fonte: Agência ANABB