× Modal
< Voltar


Coronavírus

Comida na mesa de refugiados em Minas Gerais

Longe de casa refugiados estão passando ainda mais dificuldades com a pandemia. ANABB e IVC realizaram a doação de 100 cestas básicas


Em 06.05.2020 às 18:16 Compartilhe:

Com a pandemia do novo coronavírus, existem grupos que sofrem ainda mais com a falta de alimento e renda: os refugiados e outros imigrantes que deixaram seus países por motivos alheios à vontade própria.  Muitos, abandonados à própria sorte, sem renda fixa e com pouco ou nenhum acesso às redes de assistência social, dependem da empatia de nós, brasileiros, para sobreviver e recomeçar.

É com um olhar de empatia que, desde 2016, o projeto TAARE - Trabalho de Apoio e Assistência ao Refugiado Estrangeiro – vem fazendo a diferença no acolhimento aos refugiados, em situação de vulnerabilidade, que residem em Uberlândia (MG). Agora, a instituição lançou a campanha “Comida na mesa durante a pandemia”, para amparar as famílias de refugiados e imigrantes, dos municípios mineiros de Uberlândia e Araguari, que precisam de ajuda imediata com alimentação.

A instituição está arrecadando cestas básicas e produtos de higiene pessoal. O Instituto Viva Cidadania, braço social da ANABB, abraçou a campanha e realizou a doação de 100 cestas básicas para essas famílias que buscam uma oportunidade para recomeçar.

Funcionários do Banco do Brasil atuam como voluntários no projeto. Contribua também com essa ação social. Veja como:

TAARE - Trabalho de Apoio e Assistência ao Refugiado Estrangeiro
CNPJ 29.021.576/0001-17
Banco do Brasil (001)
Agência 2918-1
Conta Corrente 84.697- 0

 

O TAARE
O projeto visa auxiliar, facilitar e defender o acesso aos direitos dos refugiados e imigrantes em situação vulnerável na cidade de Uberlândia. Entre as ações da TAARE está: o cadastramento e identificação dos refugiados; a capacitação para cursos de língua portuguesa, cursos profissionalizantes, auxílio médico e jurídico, além de promoção de eventos e ações de cunho social.

 

Veja mais na galeria

1 de 2
Fonte: Agência ANABB