× Modal
< Voltar


Coronavírus

Ação de funcionários do BB mantém creche em comunidade de Belém

Associação mantida com doações de pessoal da ativa e aposentados do Banco do Brasil é responsável pelo funcionamento da única creche da região, uma das mais vulneráveis da capital do Pará


Em 24.04.2020 às 15:20 Compartilhe:

A Associação Projeto Reviver, mantida com doações de funcionários da ativa e aposentados do Banco do Brasil, é responsável pela gestão administrativa e financeira da Creche Betinho, localizada em Belém (PA). A escolinha oferece educação infantil em período integral, da creche à pré-escola, atendendo 78 crianças com idades entre 3 e 6 anos residentes nos bairros Guamá e Terra Firme, além de oferecer reforço escolar para mais 25 crianças de até 12 anos de idade.

A região atendida é uma das mais vulneráveis na periferia de Belém e sofre com a falta de saneamento básico e de empregos, com a criminalidade e com o acesso deficitário aos serviços de saúde e educação. Ao manter a escola de educação infantil, a associação permite que as famílias tenham onde deixar seus filhos em um local seguro para que possam buscar a sobrevivência financeira.

Pessoas interessadas em colaborar com o trabalho desenvolvido podem fazer doações de qualquer valor para:

Razão Social: Associação Projeto Reviver / Creche Betinho
CNPJ: 02.875.352/0001-16
Banco do Brasil: 001
Agência: 3024-4
Conta Corrente: 455.555-4



APOIO DO IVC

O Projeto Reviver existe há 26 anos. Dos seis diretores e conselheiros da creche, cinco são funcionários da ativa ou aposentados do Banco do Brasil. Recentemente, a associação também teve aprovado o apoio do Instituto Viva Cidadania (IVC) para a aquisição de cestas básicas e máscaras para as famílias atendidas e para as dez funcionárias da creche: uma pedagoga, cinco monitoras, duas auxiliares de classe, uma serviços-gerais e uma cozinheira, todas moradoras das comunidades beneficiadas, algumas delas, inclusive, ex-alunas da escolinha.

Além das atividades de ensino oferecidas às crianças, a associação também realiza encontros mensais com as famílias atendidas sobre temas como: direitos das crianças, adolescentes e idosos; orientações relacionadas à saúde; informações sobre serviços relevantes para a comunidade, entre outros assuntos relacionados à garantia de direitos fundamentais e à emancipação da população que vive em condições de vulnerabilidade social.

Fonte: Agência ANABB