× Modal
< Voltar


Previ

Previ aprova suspensão de parcelas do Empréstimo Simples

Prestações de Empréstimo Simples de maio e junho podem ser suspensas a partir do dia 22 de abril pelo autoatendimento da Previ


Em 04.04.2020 às 13:15 Compartilhe:

A Previ informou, no final da sexta-feira (3/4) à noite, que suspenderá a cobrança das parcelas dos empréstimos simples com vencimento nos meses de maio e junho de 2020. Essa era uma das principais reivindicações que a ANABB estava recebendo dos associados que são participantes da Caixa de Previdência.  
 
No dia 23 de março, a ANABB já havia solicitado aos dirigentes eleitos da Previ a suspensão temporária nas cobranças do empréstimo simples e do financiamento imobiliário. Em nota divulgada naquela oportunidade, os dirigentes afirmaram que adiar a cobrança dessas dívidas significaria um prejuízo para a Previ de cerca de R$ 100 milhões ao mês, ou R$ 1,2 bilhão ao ano. Como muitas instituições financeiras, inclusive outros fundos de pensão, em razão da pandemia do coronavírus, começaram a adiar o pagamento de empréstimos financiamentos imobiliários, a ANABB decidiu, nesta sexta-feira (3/4), oficializar o pedido encaminhando um ofício para a diretoria executiva da Previ.
 
A ANABB entende que essa iniciativa, já praticada pela Previ em anos anteriores, seria essencial para que os associados pudessem suportar despesas extras como tratamento de saúde, inclusive de familiares. A Previ, então, mostrou-se sensível às reinvindicações e atendeu o pedido que também desonera financeiramente as famílias afetadas pelas restrições ao funcionamento de comércios, empresas e atividades de profissionais autônomos.
 
Para obter o benefício, é preciso esperar até o dia 22 de abril, quando a opção para suspender as prestações de Empréstimo Simples referentes aos meses de maio e junho estará disponível no autoatendimento da Previ. Essa medida tem como objetivo preservar o orçamento dos participantes. Sendo assim, é importante que, antes de fazer a suspensão, o associado avalie a sua real necessidade, pois o Empréstimo Simples tem prazo determinado e seu saldo devedor continuará sendo corrigido.
 
A Previ também aproveitou para tranquilizar os participantes e ressaltar que está preparada para enfrentar mais esta crise. Os investimentos da Caixa de Previdência são sólidos e são suficientes para cumprir com todos os pagamentos de benefícios nos próximos meses.

Fonte: Agência ANABB