× Modal
< Voltar


Coronavírus

Pessoas que fazem a diferença

Vamos mostrar histórias de colegas que praticam a solidariedade. Conheça exemplo da Paraíba que recebeu a doação de 100 cestas básicas do IVC


Em 29.03.2020 às 14:14 Compartilhe:

Em tempos de coronavírus, iniciamos a série PESSSOAS QUE FAZEM A DIFERENÇA

O objetivo da ANABB e do Instituto Viva Cidadania (IVC) é valorizar cidadãos que, mesmo vivendo uma situação difícil, como essa do isolamento social, conseguem colocar em prática um dos sentimentos mais nobres: a solidariedade.

São pessoas que se unem para dar um pouco de esperança a quem neste momento vive o desespero pela falta de alimentos, roupas, produtos de higiene etc.

Queremos contar histórias de colegas que compartilham o sentimento de união e altruísmo, tão inerentes à família Banco do Brasil.  

Se você participa ou conhece histórias de funcionários da ativa e aposentados do BB que fazem a diferença, mande para:   

  • E-mail: vicom@anabb.org.br ou
  • Mensagem pelo whatsapp: 61 - 98207 3534.


EXEMPLOS QUE VEM DA PARAIBA

Lourdinha Ramalho, 70 anos, é aposentada do BB, e decidiu propagar no virtual o que já vinha fazendo nas ruas. Incomodada com as discussões sempre muito polarizadas nos grupos de whatsapp, ela criou o grupo Amigas Solidárias, para ajudar pessoas carentes de Campina Grande (Paraíba).

Na busca por esforços, Lourdinha se uniu a outra colega, Josineide Medeiros, que é ex-funcionária do BB e presidente da Associação Municipal de Espiritismo (AME) da cidade paraibana. A AME também realiza projetos sociais, com a doação de alimentos e a realização de palestras para pessoas vulneráveis. 

Juntas, e ao lado de outros voluntários, criaram o projeto SOS Corona, que busca arrecadar cestas básicas para serem doadas às pessoas que estão sem recursos financeiros neste momento, como faxineiras, manicures, lavadores de carro, vendedores de pipoca, e outros autônomos da cidade.

Nessa empreitada, tiveram o apoio do Instituto Viva Cidadania que doou 100 cestas básicas, para serem distribuídas ainda nesta semana.

Para Lourdinha e Josineide, que já participam de diversas ações sociais, como o projeto Nas pegadas do Mestre, com moradores de rua na feira central de Campina Grande, o importante, neste momento, é ter fé e juntar esforços para que a chama do amor ao próximo não se apague em meio ao isolamento social a que estamos sendo submetidos.

“Temos que valorizar vidas. A família Banco do Brasil é generosa. Vivi o voluntariado, enquanto estava na ativa, em todos os lugares que passei, e continuei na aposentadoria. Nesse isolamento, falta muita coisa para muita gente. Vamos fazer a nossa parte,” reforça Lourdinha, que é associada da ANABB.
 

Quem quiser contribuir para o projeto SOS Corona, de Campina Grande, pode fazer doações em dinheiro, na seguinte conta corrente:

AME-CG - CNPJ: 09.294.323.0001/00
Banco do Brasil (001)
AG: 1591-1 
C/C: 2.058-3

Veja mais na galeria

Sopão realizado por voluntários em Campina Grande
1 de 2
Fonte: Agência ANABB